Como os documentos e relatórios de gestão de resíduos afastam passivos ambientais?

relatórios e inventários de gestão de resíduos

Os relatórios e inventários de gestão de resíduos são ferramentas importantes para as empresas estarem em concordância com as legalidades exigidas, já que a legislação ambiental determina que elas informem e comprove a destinação correta de seus resíduos. Além disso, estabelece um posicionamento sustentável da empresa, uma boa imagem perante o cliente e evita multas, sanções e punições.

Através desses documentos a organização quantifica e diagnostica informações sobre a geração, características, armazenamento, transporte, tratamento, reutilização, reciclagem, recuperação e disposição final dos resíduos gerados.

Portanto, através das informações contidas neles são elaboradas as diretrizes corretas para o controle e gerenciamento dos resíduos. Confira!

Por que controlar relatórios e inventários de gestão de resíduos?

relatórios e inventários de gestão de resíduos

Para realizar a gestão de resíduos a empresa deve adotar um conjunto de técnicas que visam à redução da geração, o melhor acompanhamento durante todo o ciclo de vida dos resíduos e sua destinação ambientalmente correta afastando, assim, os passivos ambientais. Além disso, ela deve ter controle total e manter sempre disponibilizados os documentos importantes que demonstre a aplicação dessas técnicas de gestão.

Portanto, o controle da documentação relativa à gestão é de fundamental importância devido às obrigações legais previstas nas leis ambientais.

Manter tudo atualizado e acessível é importante uma vez que a organização deve comprovar o transporte e destinação final dos resíduos. Como também ela precisa emitir documentos importantes, como a FDSR, CADRI, CDF, etc..

A melhor maneira de gerir todos os documentos necessários é com o uso de ferramentas que auxiliem no arquivamento de documentos. No mercado existe vários software que realizam a gestão dos documentos em uma empresa. Na plataforma VG Resíduos é possível realizar a gestão completa do processo, monitorar históricos e tomar decisões estratégicas baseadas em gráficos e relatórios.

Abaixo listamos os documentos obrigatórios que devem ser controlados:

CADRI

relatórios e inventários de gestão de resíduos

CADRI é um certificado de movimentação de resíduos de interesse ambiental. É uma ferramenta que demonstra que o resíduo está sendo transportado para um local de reprocessamento, armazenamento, tratamento ou disposição final.

Desta forma, a empresa garante que cumpriu todas as normas para a destinação do seu resíduo de forma segura, afastando assim os passivos ambientais.

Este é um documento emitido pela Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (CETESB). Trata-se de um instrumento de fiscalização exclusivo do estado de São Paulo.

Os tipos de resíduos que exigem o CADRI encontram-se divididos em duas classes:

  • Resíduos Classe I – Perigosos
  • Resíduos Classe II A – Não Inertes

Abaixo seguem exemplos de Resíduos de Interesse Ambiental:

  • resíduos industriais perigosos;
  • resíduo sólido domiciliar;
  • lodo de sistema de tratamento de efluentes líquidos industriais ou de sanitários;
  • EPI contaminado e embalagens contendo PCB;
  • resíduos de curtume não caracterizados como Classe I;
  • resíduos de indústria de fundição não caracterizados como Classe I;
  • resíduos de portos e aeroportos;
  • resíduos de serviços de saúde, dos Grupos A, B e E;
  • resíduos de agrotóxicos e suas embalagens.

MTR

MTR é a sigla de Manifesto de Transporte de Resíduos.

A emissão do MTR é obrigatória para conhecer e monitorar a destinação do resíduo gerado e tratado. Além disso, através dele é possível controlar a forma adequada do transporte entre gerador e receptor e o encaminhamento para locais licenciados.

Com o MTR é possível diminuir os riscos do manejo e transporte inadequado e ilegal dos resíduos por parte dos transportadores e receptores de resíduos.

Certificado de Destinação de Resíduos – CDF

relatórios e inventários de gestão de resíduos

O certificado de destinação final – CDF de resíduos é um documento emitido pela empresa receptora dos resíduos, e que comprova o seu recebimento. Com ele a empresa geradora comprova que tiveram o devido cuidado com a destinação final dos resíduos.

 FDSR

FDSR é a sigla de Ficha com Dados de Segurança de Resíduos Químicos. É um documento normalizado pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), conforme NBR 16725:2014.

Esta norma brasileira foi criada para padronizar o sistema de informação e estabelecer regras no preenchimento da Ficha com Dados de Segurança de Resíduos Químicos.

O seu objetivo é comunicar os perigos a todos aqueles expostos a agente químicos, principalmente aos tratadores que os manipulam nas mais diversas etapas do tratamento de resíduos químicos.

Cabe a empresa geradora dos resíduos disponibilizar o documento de FDSR para os tratadores contratados por ela.

Na ficha encontram-se diversas informações importantes sobre um resíduo químico e seu correto gerenciamento, como medidas de manuseio, transporte, armazenamento, os riscos associados, ações de segurança e de proteção ao meio ambiente, dentre outras.

Inventário de Resíduos

O inventário de resíduos industriais é documento que contém a listagem de todos os resíduos gerados pela empresa em um determinado período, sendo assim uma importante ferramenta de gestão de resíduos.

O inventário deve contemplar os tipos de resíduos produzidos, a origem, a quantidade e a destinação de cada tipo gerado nos processos da indústria.

Através dele são quantificadas e diagnosticadas as informações sobre a geração, características, armazenamento, transporte, tratamento, reutilização, reciclagem, recuperação e disposição final dos resíduos gerados.

O principal objetivo do inventário de resíduos é à normalização e legalização dos processos industriais por meio de registro das informações acerca dos resíduos gerados pelas indústrias. Assim, evita desvios e irregularidades com o despejo de esgoto fora dos padrões de enquadramento em corpos d’água, disposição de resíduos em locais inadequados e demais ações que culminam na poluição ambiental.

Como a VG Resíduos auxilia sua empresa na gestão de resíduos?

relatórios e inventários de gestão de resíduos

software da VG Resíduos gera automaticamente todos os documentos de gestão de resíduos obrigatórios, como o MTR, CADRI, CDF e CONAMA 313.

A plataforma VG Resíduos realiza toda a gestão de resíduos de uma organização. O seu objetivo é gerar resultados positivos para seus clientes e atender a legislação ambiental. Além do mais, presta serviços de elaboração e implantação de planos de gerenciamento de resíduos e monitora a eficiência das ações.

A empresa possui um sistema online com módulos diferenciados conforme a necessidade do seu segmento: gerador, gerenciador, transportador ou tratador.

Sendo assim, sabemos que os relatórios e inventários de gestão de resíduos são importantes no gerenciamento, pois é uma maneira da empresa comprovar a destinação ambientalmente correta de seus resíduos. E que para tal foram adotadas técnicas seguras que afastem passivos ambientais.

Gostou desse assunto ou acha ele relevante? Compartilhe nas redes sociais ou deixe seu comentário abaixo.

relatórios e inventários de gestão de resíduos

 

 

Algumas matérias que podem te interessar

© VG Residuos Ltda, 2019