Vantagens da Coleta Seletiva para catadores de resíduos sólidos

Curtiu este post?

Avaliação: 0.0/5

04/05/2022

Coleta Seletiva

A coleta seletiva tem muitas vantagens econômicas, podemos citar a diminuição de desperdícios, menos custos com produção, menor gasto com limpeza urbana, além de geração de empregos e renda por meio da reciclagem para catadores de resíduos sólidos. As vantagens ambientais inclui a preservação do meio ambiente, das florestas e da água, reduzindo a extração dos recursos naturais. Além da menor poluição do solo, da água e do ar.

A coleta seletiva de resíduos sólidos tem como objetivo proporcionar a seleção dos resíduos já na fonte geradora, contribuindo com o processo de reciclagem e com a redução da quantidade de resíduos, sem nenhum tratamento, descartado em aterros sanitários.

Veja abaixo o que abordaremos neste artigo:

Neste artigo, você entenderá quais as vantagens da coleta seletiva. Confira!

Agende uma demonstração Online

<![endif]–>

O que é coleta seletiva de resíduos sólidos?

Coleta Seletiva

A coleta seletiva consiste na correta segregação dos resíduos sólidos de acordo com sua composição. Tal atitude é essencial para o gerenciamento de resíduos sólidos.

O gerador do resíduo separa-o previamente segundo a sua constituição ou composição e disponibiliza-os para a coleta separadamente. Essa separação facilita a reciclagem tornando-a mais fácil e viável economicamente, pois cada tipo de resíduo tem um processo próprio de reciclagem. Quanto mais misturado os resíduos, o processo de reciclagem se torna mais caro ou mesmo inviável, pela dificuldade de separá-los de acordo com a sua composição.

A responsabilidade pela implantação da coleta seletiva, conforme determina a PNRS é dos municípios. Haja vista que no plano de gestão integrada de resíduos sólidos dos municípios é necessário definir metas referentes à coleta seletiva. Contudo, a adoção dessa prática não deve ser vista somente como uma obrigação das prefeituras, mas de todos.

As formas mais comuns de coleta seletiva existentes no Brasil são:

  • coleta porta-a-porta e a coleta por Pontos de Entrega Voluntária (PEVs);
  • coleta porta-a-porta pode ser realizada tanto pelo prestador do serviço público de limpeza;
  • coleta por associações ou cooperativas de catadores de materiais recicláveis.

Há também o pontos de entrega voluntária. Esses consistem em locais situados estrategicamente próximos de um conjunto de residências ou instituições para entrega dos resíduos segregados e posterior coleta pelo poder público.

A Resolução do CONAMA N.º 275/2001, estabeleceu um código de cores para diferentes tipos de resíduos na coleta seletiva. Assim, esses códigos foram adotados na identificação de coletores e transportadores, bem como nas campanhas informativas para a coleta seletiva.

São os códigos de cores:

Azul: papéis e papelões;

Verde: vidros;

Vermelho: plásticos;

Amarelo: metais;

Marrom: resíduos orgânicos;

Preto: madeiras;

Cinza: materiais não reciclados;

Branco: lixos hospitalares;

Laranja: resíduos perigosos;

Roxo: resíduos radioativos.

Qual é a importância da coleta seletiva dos resíduos sólidos?

Coleta Seletiva

A coleta seletiva é importantíssima para o desenvolvimento sustentável. Ela representa a maneira mais adequada para o descarte ambientalmente adequada dos resíduos.

A coleta seletiva é importante para a preservação do meio ambiente, das florestas e da água, reduzindo a extração dos recursos naturais. Além da menor poluição do solo, da água e do ar.

Ela promove a consciência ambiental dos cidadãos; ajuda a evitar a contaminação do solo e da água; o desperdício dos recursos naturais não renováveis.

Promove a reciclagem. A reciclagem é o processo de reaproveitamento do resíduo que não serve mais para o processo, com mudanças em seus estados físico, físico-químico ou biológico, de modo a atribuir características para que se torne novamente matéria-prima ou um novo produto.

Aplicando um conjunto de técnicas esses resíduos dão origem a um novo produto ou a uma nova matéria-prima com o objetivo de diminuir a produção de rejeitos e o seu acúmulo na natureza, reduzindo o impacto ambiental.

Esses conjuntos de técnicas vão desde a separação do resíduo por material (plástico, papel, metal e vidro são alguns exemplos) até a sua transformação final em outro produto.

Além disso, a coleta seletiva melhora a economia ao diminuir os custos de produção e contribuir com a geração de empregos. Alivia e prolonga a vida útil dos aterros sanitários.

Qual a importância das cooperativas de catadores de resíduos sólidos para o gerenciamento de resíduos?

Coleta Seletiva

As cooperativas de resíduos sólidos atuam nas atividades de coleta seletiva, triagem, comercialização de resíduos recicláveis e reutilizáveis.

Essas cooperativas contribuem para o fortalecimento do mercado de resíduos no Brasil, para implantação da logística reversa, para redução da disposição dos resíduos em locais inadequados e para o desenvolvimento socioambiental. Porém, ainda encontram problemas para encontrar compradores de resíduos recicláveis e recebem pouco investimento público e privado.

As primeiras cooperativas e associações de coleta e reciclagem de resíduos sólidos foram formadas a partir da década de 1990, possibilitando novas perspectivas na relação dos grupos de catadores com o poder público. Desde então, o número de cooperativas só tem aumentado.

Um grande impulso para acelerar a formação de cooperativas foi, sem dúvida, a instituição da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS).

Isto porque, a PNRS trouxe uma abordagem de responsabilidade compartilhada para a segregação, a destinação, a disposição e o gerenciamento de resíduos sólidos. A PNRS determinou a obrigatoriedade de política de logística reversa para vários setores produtivos.

As cooperativas contribuem para economia local, pela geração de renda para os cooperados e para os empregos diretos e indiretos gerados pela compra de produtos e utilização de serviços.

No âmbito ambiental, as cooperativas de coleta e reciclagem de resíduos reduzem todos os impactos ambientais negativos vinculados à má destinação dos resíduos sólidos.

As cooperativas contribuem para extensão do ciclo de vida produtos e embalagens por meio da coleta, separação e fornecimento de matéria-prima secundária para a indústria.

Vantagens da Coleta Seletiva para catadores de resíduos sólidos

Coleta Seletiva

A coleta seletiva além de contribuir com um modelo sustentável de reciclagem garante a famílias de baixa-renda uma oportunidade de trabalho.

Ao separar o resíduo corretamente, além de contribuir com o meio-ambiente ainda é possível garantir o sustento de muitas famílias que passaram a ter um trabalho digno e fundamental para preservação ambiental.

Como uma plataforma online para gestão dos resíduos facilita encontrar bons fornecedores para os seus resíduos?

Coleta Seletiva

O mercado de resíduos é a ferramenta ideal para encontrar o fornecedor de resíduo ideal para o seu negócio. O mercado permite que geradores agreguem valor aos seus resíduos ao invés de simples destiná-los a aterros sanitários e ainda tendo gastos com essa tarefa. Permite, também, que empresas reduzam suas despesas adquirindo resíduos como matéria prima contribuindo para o desenvolvimento sustentável.

A VGR desenvolveu uma plataforma de compra e venda de resíduos. Essa plataforma oferece aos compradores e vendedores a chance de negociar os resíduos obtendo vantagens financeiras.

Através da plataforma sua empresa encontrará o fornecedor ideal, pois oferece comodidade, praticidade e segurança, além de garantia que o fornecedor cumpre as legislações ambientais necessárias.

Pela ferramenta você encontra milhares de empresas de todo o Brasil com o único objetivo: lucrar com resíduos.

Com o Mercado de Resíduos sua empresa gera receita, diminui despesas e evita passivos ambientais ao cumprir a legislação referente à destinação/disposição ambientalmente adequada de resíduos (PNRS).

Como a VGR Gestão de resíduos online, que é uma plataforma online, pode ajudar na gestão de resíduos?

Coleta Seletiva

A VGR Gestão de Resíduos Online é uma plataforma online de gestão que facilita na execução de tarefas para uma gestão de resíduos eficiente através da tecnologia e automação.

A tecnologia na gestão de resíduos busca alternativas para otimizar o trabalho do gestor ambiental, evitar erros que podem prejudicar a organização financeiramente e ambientalmente e, ter controle sobre cada etapa.

A VGR indica soluções ambientais mais adequadas aos seus resíduos, além de proporcionar uma automatização de todo processo interno de gerenciamento de resíduos.

Através da tecnologia da VGR é possível controlar desde a geração até a destinação dos resíduos (facilitando a rastreabilidade do processo), gerar alertas para pendências e vencimentos de licenças ambientais. Além disso, é possível definir e acompanhar diversos indicadores de desempenho, inclusive indicadores financeiros e ambientais relacionados à gestão de resíduos.

Para uma gestão de resíduos coercitiva é necessário controlar a geração por fonte geradora, ou seja, qual a quantidade de resíduos é gerada em cada etapa do processo e setores. Para isso, o gestor pode utilizar a VGR para controlar.

No software é possível delinear cada etapa do processo da empresa, bem como os setores principais e de apoio. Posteriormente ele traça quais os resíduos gerados e quantidades, criando assim um histórico da geração de resíduos da organização.

Essa informação auxilia na análise e tomada de decisões para estabelecer ações de redução da geração dos resíduos, para eliminar desperdícios, para melhoria no processo, para troca de matéria-prima, para treinamento dos colaboradores de como executar a tarefa da melhor forma que evite refugos, etc..

Além disso, permite controlar os documentos exigidos pela legislação ambiental. A plataforma controla a documentação de fornecedores (transportador de resíduos, destinador, tratador, armazenador, entre outros), o que facilita quando é realizada auditoria documental pelos órgãos ambientais.

Sendo assim, a coleta seletiva tem muitas vantagens como a diminuição de desperdícios, menos custos com produção, menor gasto com limpeza urbana, além de geração de empregos e renda por meio da reciclagem para catadores de resíduos sólidos. As vantagens ambientais inclui a preservação do meio ambiente, das florestas e da água, reduzindo a extração dos recursos naturais. Além da menor poluição do solo, da água e do ar.

Gostou desse tema ou achou o assunto relevante? Deixe seu comentário abaixo ou compartilhe o conteúdo nas redes sociais.

ebook guia para otimizar a gestao de residuos minimizar custos e lucrar

Compartilhe!


Curtiu este post?

Avaliação: 0.0/5