O que fazer com os entulhos gerados na construção civil? - VG Resíduos

O que fazer com os entulhos gerados na construção civil?

O que fazer com os entulhos gerados na construção civil?
5 (100%) 6 votos

Um dos setores mais relevantes no mercado é o ramo da construção civil devido à grande geração de empregos e a representatividade que ela ocupa na economia. Entretanto, é também a construção civil que produz um dos graves problemas da sociedade: a larga produção de entulho.

Entulho são resíduos de construção civil ou de demolição. O volume gerado pelas atividades da construção civil é significativo e por isso é considerado um problema a ser enfrentado pelas construtoras e também pelos órgãos públicos.

Éessencial a fiscalização dos órgãos ambientais sobre a correta destinação destes resíduos, tendo em vista que o Brasil produz 84 milhões de m3 aproximadamente, de resíduos oriundos da construção civil e da demolição, segundo dados da Associação Brasileira para Reciclagem de Resíduos da Construção e Demolição (Abrecon).

A falta de gerenciamento deste resíduo gera desperdício, considerando que para a obra teve um custo financeiro e ambiental. Por isso, é importante conhecer os resíduos que são gerados na sua obra, para evitar prejuízos.

Veremos nesse artigo tudo que você precisa saber sobre entulhos.

Definição do entulho perante a legislação

Os resíduos da construção têm sua definição perante a Resolução CONAMA 307 art 3º:

“Os resíduos da construção civil deverão ser classificados, para efeito desta Resolução, da seguinte forma:

I – Classe A – são os resíduos reutilizáveis ou recicláveis como agregados, tais como:

  1. De construção, demolição, reformas e reparos de pavimentação e de outras obras de infraestrutura, inclusive solos provenientes de terraplanagem;
  2. De construção, demolição, reformas e reparos de edificações: componentes cerâmicos (tijolos, blocos, telhas, placas de revestimento, etc), argamassa e concreto;
  3. De processo de fabricação e/ou demolição de peças pré-moldadas em concreto (blocos, tubos, meios-fios, etc) produzidas nos canteiros de obras.

II – Classe B – são os resíduos recicláveis para outras destinações, tais como: plásticos, papel, papelão, metais, vidros e gesso;

III – Classe C – são os resíduos para os quais não foram desenvolvidas tecnologias ou aplicações economicamente viáveis que permitam a sua reciclagem ou recuperação;

IV – Classe D – são resíduos perigosos oriundos do processo de construção, tais como tintas, solventes, óleos e outros ou aqueles contaminados ou prejudiciais à saúde oriundos de demolições, reformas e reparos de clínicas radiológicas, instalações industriais e outros, bem como telhas e demais objetos e materiais que contenham amianto ou outros produtos nocivos à saúde.

Entenda melhor os resíduos gerados pela construção civil

Todo resíduo gerado no processo de construção, de reforma, escavação ou demolição, é considerado como Resíduo da Construção de Demolição (RDC) ou Resíduo da Construção Civil (RCC).

O entulho no geral são todos os fragmentos ou restos de tijolo, concreto, argamassa, aço, madeira, etc. que são gerados na construção civil ou na demolição, podendo ser: prédios, residências, pontes, de acordo com a ABRECON.

A diferença entre o entulho da construção e da demolição é basicamente:

entulho de construção: composto por restos e fragmentos de materiais;

entulho de demolição: composto apenas por fragmentos.

Segundo a ABRECON, os resíduos que são recicláveis para a produção de agregados, são separados em três grupos:

Grupo I Grupo II Grupo III
Materiais compostos de cimento, cal, areia e brita: concretos, argamassa, blocos de concreto. Materiais cerâmicos: telas, manilhas, tijolos, azulejos. Materiais não recicláveis: solo, gesso, metal, madeira, papel, plástico, matéria orgânica, vidro e isopor.

A VG Resíduos pode te dar todo apoio gestão de resíduos sólidos, inclusive na caracterização do seu entulho, e indicar a melhor tratativa para economizar e lucrar com esses resíduos. Entre em contato conosco e se surpreenda com o que o seu resíduo pode te oferecer!

Entulhos são recicláveis e reaproveitáveis

Primeiramente, para que os resíduos sejam passíveis de serem reciclados e reaproveitáveis, estes devem estar os mais limpos possíveis. Entulhos que com gesso, asfalto, amianto, madeira, plástico, papel, ferragens e etc., dificultam o processamento nos britadores.

Os entulhos não podem ser descartados de forma convencional, para isso em algumas cidades brasileiras existem pontos para recolhimento para que tenham o destino correto.

A reciclagem é realizada através de instalações e equipamento de baixo custo. Ainda pode ser realizado a reciclagem ou o reaproveitamento na própria obra, eliminando também custos com a logística.

Basicamente, a reciclagem é realizada pela: triagem, trituração e classificação dos materiais.

Ainda existem opções com tecnologias mais avançadas que tem custos mais baixos, gera menos emprego e gera material com melhor qualidade, porém são equipamentos com valores mais elevados.

Importância da reciclagem e reaproveitamento do entulho

Estima-se que a construção civil seja responsável por cerca de 50% do uso dos recursos naturais consumidos pela sociedade. A produção dos resíduos da construção civil em grandes cidades é duas vezes maior que a produção do lixo urbano. Para diminuir os impactos ambientais, é importante que o setor cumpra com sua responsabilidade ambiental.

Uma das ações para responsabilidade ambiental é a gestão dos resíduos através do Programa de Gestão dos Resíduos da Construção Civil (PGRCC). Uma das atividades de responsabilidade ambiental é o processo de reciclagem. Veja abaixo os motivos da sua importância:

– Poupa a natureza;

– Reduz a extração de pedras;

– Reduz o desmatamento em áreas que tenham pedreira;

– Poupa os recursos hídricos;

– Evita o descarte nos rios e lagos;

– Gera renda e trabalho para pessoas carentes.

Ainda, a reciclagem desses materiais tem efeito positivo na diminuição das emissões dos gases do efeito estufa, emitidos pelo setor da construção.

Conforme o BuildingConcil Brasil: a construção civil é responsável por 1/3 dos gases lançados na atmosfera do Planeta, isto significa cerca de 30%, sendo bem significativo essas emissões, portanto o setor da construção é considerado como uma das mais poluentes.

As possíveis aplicações para o entulho processado são:

– pavimentação de estradas rurais;

– blocos;

– bloquetes;

– calçadas;

– bancos de praça;

– calçamentos;

– enchimentos de fundações;

– tijolos ecológicos;

– pisos e contrapisos;

– tubos;

– mourões;

– aterro de vias de acesso;

– acertos topográficos de terrenos;

– argamassas de assentamento;

– dentre outros.

Os principais resultados são benefícios financeiros para o negócio e ainda traz benefícios ambientais, pois diminui a disposição desses materiais em locais inadequados e ainda minimiza a extração de matéria-prima.

A equipe da VG Resíduos pode te ajudar na melhor tratativa com seu entulho, podendo indicar a sua empresa para um estabelecimento que tenha interesse nos seus resíduos.

Temos uma plataforma que é uma solução prática, funcional e permite que a sua empresa promova a gestão dos resíduos sólidos. A ferramenta gera automaticamente todos os documentos exigidos por lei para o seguimento de atuação da sua empresa. Para saber mais informações, entre em contato com a VG Resíduos pelo telefone (31) 2127-9137.

Conheça também a ISO 14001, norma focada no Sistema de Gestão Ambiental, e os benefícios que a ela proporciona a sua obra. A Consultoria Online Verde Ghaia realiza acompanha sua empresa desde a implementação até a etapa final de certificação. Os custos são até 60% menos comparado a consultoria tradicional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© VG Residuos Ltda, 2019