Por que é importante medir a qualidade da gestão de resíduos?

Por que é importante medir a qualidade da gestão de resíduos?
5 (100%) 1 voto

Medir a qualidade da gestão de resíduos é importante para checar e avaliar se o programa está sendo executado conforme o planejado. Através da medição são consolidadas as informações por meio de indicadores, que serão bases para os relatórios de desempenho. Com o monitoramento é possível melhorar a qualidade, eficiência e eficácia, aprimorar a execução e corrigir eventuais falhas da gestão de resíduos.

Diante da problemática crescente do acúmulo de resíduos, é mais que necessário à implementação dessas medidas de controle da qualidade da gestão de resíduos. Para tanto, as empresas devem desenvolver ações planejadas quanto à gestão de resíduos, conforme exigência do mercado consumidor e da legislação ambiental.

Controle da gestão de resíduos

Fazer gestão de resíduos significa que a empresa adota um conjunto de ações adequadas nas etapas de coleta, armazenamento, transporte, tratamento, destinação e disposição final ambientalmente adequada.

O principal objetivo da gestão é a minimização da geração de resíduos, visando à preservação da saúde pública e a qualidade do meio ambiente.

De acordo com a Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei nº 12.305/2010), a gestão deve garantir o máximo de reaproveitamento, reciclagem e a minimização dos rejeitos.

Mas para cumprir todas as etapas de forma eficiente e eficaz, além de cumprir a legislação, é importante fazer um controle da gestão de resíduos.

Com o controle de gestão de resíduos as empresas tem a oportunidade de ganharem dinheiro com a compra e venda de resíduos. Além disso, identifica deficiências do processo produtivo, reduzindo desperdícios e custos, aumentando a lucratividade dos negócios e contribuindo para o desenvolvimento sustentável.

Contribui, também, para melhorar a imagem da organização diante de seus clientes, parceiros e a comunidade local. Garante o cumprimento dos requisitos legais, minimizando os riscos de multas e sanções ambientais.

Como medir a qualidade da gestão de resíduos?

A medição da qualidade da gestão de resíduos deve ser baseada em instrumentos de aferição, ou seja, indicadores. Estes servem para saber como o sistema de gestão de resíduos está funcionando. Se os objetivos estão sendo alcançados e se o sistema é eficiente.

Os indicadores são parâmetros ou um valor que fornece informações sobre o estado de um fenômeno em estudo. Podem ser expressos de maneira quantitativa ou qualitativa. Eles podem comunicar ou informar sobre o progresso em direção a uma determinada meta na gestão de resíduos.

Surgiram com a necessidade de medir a eficiência do sistema de gestão ambiental. Haja vista que com a promulgação da Política Nacional de Resíduos Sólidos – PNRS ficou estabelecido que a empresas deveriam buscar práticas de consumo sustentável. Além disso, implantar instrumentos para incentivar a minimização, a reutilização, a reciclagem e a disposição ambientalmente adequada dos resíduos.

O objetivo dos indicadores é diagnosticar e avaliar o grau de qualidade da gestão de resíduos, com enfoque nas dimensões sociais, ambientais e econômicas. Auxiliando, assim, nas definições de objetivos e metas para melhoria contínua.

Uma excelente maneira de monitorar todas as informações pertinentes à gestão de resíduos é através de software de gerenciamento de resíduos.

O software da VG Resíduos otimiza a gestão, auxilia no cumprimento de prazos,
com alertas de vencimento, gera relatórios, etc.

Através dele, todo o seu programa de gerenciamento será otimizado.

Qual relação e influência para uma gestão de resíduos mais sustentáveis?

Os meios de medir a qualidade da gestão de resíduos influenciam para uma gestão mais sustentável, já que:

  • avalia as condições do sistema de gestão de resíduos em busca da sustentabilidade – se são seguidos práticas sustentáveis;
  • efetua a comparação entre as situações anteriores e posteriores das metas estabelecidas – o objetivo é ter percepção se as ações adotadas na gestão de resíduos busca o desenvolvimento sustentável;
  • avalia condições do sistema em relação às metas e objetivos – verifica se as metas e os objetivos são alcançados. Se não devem ser desenvolvidos ações para o seu alcance;
  • prover informações de advertência, ou seja, identifica os riscos ou falhas do sistema ineficiente;
  • antecipa futuras condições do sistema de gestão de resíduos.

Avaliação da qualidade da gestão de resíduos

Abaixo listamos sugestões de maneiras para medir a qualidade da gestão de resíduos dentro da empresa. São elas:

1º: Avaliar a existência de um plano de gerenciamento de resíduos – esse indicador foi criado com o objetivo de evidenciar o cumprimento de um dos instrumentos propostos na PNRS.

2º: Avaliar a existência de situações de risco à saúde em atividades vinculadas à gestão de resíduos – o indicador considera a segurança dos trabalhadores que realizam o manejo dos resíduos.

3º: Analisar a existência de canais de participação dos colaboradores no processo decisório da gestão de resíduos – verifica a implantação do sistema de logística reversa.

4º: Analisar a realização de parcerias para destinação de resíduos, ou seja, um resíduo que não serve para ser reutilizado em um processo pode ser reutilizado em outro. Este indicador pode ser alcançado com a aderência do Mercado de Resíduos da VG Resíduos. Na plataforma a empresa tem um ambiente segura para negociar os resíduos gerados.

5º: Analisar a existência de canais de divulgação das informações relativas à gestão de resíduos – como relatórios de sustentabilidade.

6º: Avaliar a existência de coleta seletiva – verifica se dentro da empresa há um programa bem estabelecido de coleta seletiva.

7º: Avaliar os custos com a gestão de resíduos – verifica se o custo com a gestão de resíduos esta dentro do orçamento da organização. Esse é um importante indicador, pois através dele são estabelecidos outros de redução de resíduos para reduzir custo.

8º: Avaliar a redução na geração: esse indicador monitorar a redução na geração de resíduos.

Sendo assim, medir a qualidade da gestão de resíduos é importante para se ações tomadas estão sendo executadas conforme o planejado. Com o monitoramento é possível melhorar a qualidade, eficiência e eficácia, aprimorar a execução e corrigir eventuais falhas da gestão de resíduos.

Gostou desse assunto ou acha ele relevante? Compartilhe nas redes sociais ou deixe seu comentário abaixo.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© VG Residuos Ltda, 2019