Quais tipos de papel são mais lucrativos para sua empresa tratar?

Curtiu este post?

Avaliação: 0.0/5

28/06/2018

tipos de papel são mais lucrativos

Diversos tipos de papéis podem ser reciclados, mas alguns tipos de papel são mais lucrativos. Transformar papéis usados em novas matérias-primas gera não só lucros para as tratadoras, mas contribui para a sustentabilidade, reduz o acúmulo de resíduos e poupa a natureza.

A recuperação de papéis provenientes dos resíduos sólidos urbanos tem sido uma prática cada vez mais comum e se transformado em fonte de renda para empresas tratadoras. A reciclagem de aparas de papéis usados ou velhos, reaproveitando fibras de celulose, geram papel novo ou diferentes matérias-primas.

Mas para gerar renda com o tratamento de papéis é preciso conhecer bem o assunto.  Acompanhe!

gestao de compra e venda de residuos

Entenda o mercado de tratamento de papéis

tipos de papel são mais lucrativos

A matéria-prima do papel comum são as fibras de celulose, substância (polissacarídeo), existente dentro das células da maioria das plantas. No Brasil, essa matéria-prima vem de árvores como o pinheiro e o eucalipto, que possuem alta concentração de celulose.

As tratadoras que manejam as sobras de papel, conhecidas como aparas, contam com vantagens e devem aproveitar esses diferenciais. O Brasil se destaca na produção de celulose, tendo atingido volume recorde em 2017, segundo esta matéria da Reuters.  A produção brasileira de celulose subiu 3,8 por cento no ano passado e atingiu o volume recorde anual de 19,5 milhões de toneladas, de acordo com a Indústria Brasileira de Árvores (Ibá).

O mercado de reciclagem de papel no Brasil também é aquecido. Segundo levantamento da Associação Nacional dos Aparistas de Papel (ANAP), no ano passado o país atingiu o recorde de recuperação do papel, evoluindo de 64,5% para 66,2%.

Cerca de 50% do papel consumido no Brasil é reciclado, o que também é interessante para as tratadoras.   Há uma demanda grande pelo papel reciclado que pode originar diferentes produtos e materiais, entre eles:

  • produtos de papel sanitários (papel higiênico, toalhas de papel e toalhas de chá, dentre outros);
  • papel não revestido;
  • papel de cópia;
  • papel de jornal;
  • revistas;
  • livros;
  • cadernos;

Que compromissos determinam a obtenção da licença ambiental?

Conheça os papéis mais lucrativos para reciclar

O papel está entre os resíduos mais vantajosos para reciclar. No entanto, nem todos os tipos de papel são lucrativos para a reciclagem. Dão menos renda aqueles papéis que, quando fabricados, recebem grande carga mineral para terem acabamento nobre, como o papel couchê. Esse tipo de papel, para ser produzido, sofre grande desgaste em suas fibras, o que o desvaloriza para a reciclagem.

Papéis muito impregnados de tintas e vernizes, como os de capas de revista e cartões de visita, também são desvantajosos. Isso porque esses tipos de papéis possuem impurezas que impedem a formação de uma matéria-prima de qualidade.

Também não são ideais para reciclagem:

  • papéis sulfurizados;
  • papéis encerados;
  • papéis parafinados;
  • papel higiênico usado, por conter gordura e contaminantes.

As empresas tratadoras devem, portanto, ficarem atentas à composição das aparas de papel ao adquirir os resíduos para reciclagem. O conjunto de aparas que pode ser lucrativo para a reciclagem é formado pelos seguintes tipos, segundo a ANAP:

  • aparas marrons (como os do papelão ondulado e do kraft);
  • aparas brancas (como os de jornais e revistas);
  • aparas de papel cartão (como as caixas e cartuchos não ondulados produzidos para embalagens de remédios, pastas de dentes e outros).

Confira: Quais prejuízos pode ter o tratador sem licença ambiental?

Saiba por que reciclar papelão é vantajoso

Entre os tipos de aparas que podem ser mais lucrativas para a reciclagem está o papelão. Em primeiro lugar, há grande oferta de caixas de papelão pelo país, que acondicionam mercadorias de indústrias, supermercados e estabelecimentos comerciais. Esse material pode ser reciclado pós-uso para evitar a poluição ambiental, transformando-se em lucro para as tratadoras.

Um segundo motivo é que o papelão é um tipo de apara que tem um tratamento mais econômico. Diferentemente de outros materiais, para a reciclagem do papelão não é preciso aplicar técnicas de limpeza fina. Esse tipo de apara não demanda retirada de tintas, branqueamento do material e lavagens especiais.

Leia também: Seis dicas para sua empresa lucrar reciclando canudos plásticos

Recicle papéis e seja ecologicamente responsável

Os benefícios trazidos pela reciclagem de papel são impressionantes. Cada tonelada do material reciclado economiza-se:

  • 2,5 barris de petróleo
  • 98 mil litros de água
  • 500 kw/h de energia elétrica

A responsabilidade com o meio ambiente é amplamente reforçada quando as organizações optam pela reciclagem das sobras de papel. Neste estudo, os pesquisadores demonstraram que a prática poupa enormemente o uso de recursos naturais. Entre os anos de 2009 e 2013, calculou-se o quanto o meio ambiente foi preservado com a reciclagem de papel:

  • Em 2009, foram 139.286 hectares de florestas preservadas, já em 2013, o número saltou para 164.286;
  • Em 2009, foram 117.000.000 árvores preservadas, saltando para 138.000.00 em 2013;
  • Em 2009, a energia economizada foi de 9.750.000 kW/h, em 2013, 11.500.000.000;
  • Em 2009, foram economizados 382.200.000.000 litros de água, em 2013, 450.800.000.000.

Amplie o seu negócio e saia na frente

Para alcançar ainda mais retorno com a reciclagem de papéis, é interessante que as tratadoras tenham o suporte de uma consultoria.  A recuperação das sobras de papéis é um negócio de grande potencial no Brasil, mas é preciso calcular os passos. Empresas com expertise no tratamento de resíduos, como a Verde Ghaia, podem indicar as melhores estratégias para as tratadoras. Podem, também, orientar como fazer o tratamento correto das aparas, seguindo as leis ambientais.

Além disso, para lucrar com a reciclagem, o ideal é que sua empresa tenha acesso a milhares de tratadores espalhados pelo Brasil. Assim certamente o melhor preço pago pelo resíduo aparecerá e você poderá fazer a destinação com uma empresa próxima à sua localidade.

Uma plataforma que vem ganhando espaço no Brasil é o Mercado de Resíduos. Ela permite que as empresas tenham acesso a uma rede de milhares de tratadores, todos com suas licenças validadas e disponíveis para dar lances nos resíduos das empresas cadastradas na plataforma.

Sendo assim, como vimos, é preciso mapear que tipos de papéis são mais lucrativos para a reciclagem. Cientes disso, as tratadoras podem descobrir uma fonte de renda com o manejo dos papéis usados. Somado a isso, as empresas podem ser modelo de sustentabilidade no ramo de reciclagem, preservando pessoas e o meio ambiente.

Gostou desse tema ou achou o assunto relevante? Deixe seu comentário abaixo ou compartilhe o conteúdo nas redes sociais.

Se quiser aprofundar mais sobre o assunto leia este outro artigo do blog: 6 dicas para o tratador de resíduos mostrar seus diferenciais no mercado

Gerenciamento de resíduos

Compartilhe!


Curtiu este post?

Avaliação: 0.0/5