Sete aspectos sobre o tratamento de resíduos que sua empresa deve saber

Sete aspectos sobre o tratamento de resíduos que sua empresa deve saber
5 (100%) 1 voto

aspectos sobre o tratamento de resíduos

Uma fase importantíssima da gestão de resíduos é a do tratamento e sua empresa deve saber alguns aspectos sobre o tratamento de resíduos. As empresas especializadas nesse serviço são as responsáveis por receber e manejar adequadamente as sobras geradas nos diferentes setores. É um trabalho que exige o cumprimento de uma série de protocolos, pois muitos resíduos são danosos, com altas concentrações de poluentes, que representam riscos à saúde das pessoas e ao meio ambiente.

Cumprir as leis ambientais, além de ser fator determinante para o sucesso do negócio, traz credibilidade à tratadora e um bom posicionamento de mercado. No entanto, para alcançar uma boa reputação, deve-se atentar para outros aspectos, que incluem, por exemplo, investimento nas técnicas de reciclagem.

A seguir, você conhece como deve ser a atuação responsável de uma tratadora. Informa-se de sete aspectos sobre o tratamento de resíduos que não podem ser desconsiderados. Acompanhe!

Obtenha licença para atuar

aspectos sobre o tratamento de resíduos

A tratadora de resíduos só pode trabalhar se tiver o licenciamento ambiental. Trata-se de um documento que informa à empresa quais procedimentos ela deve seguir para diminuir os impactos ambientais.

Obter o licenciamento sinaliza que a organização é ecologicamente responsável e sabe das obrigações para o adequado controle de suas atividades. Mas não só. O licenciamento é um requisito legal. Tornou-se obrigatório em todo o território nacional em 1981, com a criação da Política Nacional de Meio Ambiente. Por meio da Lei Federal 6.938/81, as atividades efetiva ou potencialmente poluidoras não podem funcionar sem o devido licenciamento.

aspectos sobre o tratamento de resíduos

Saiba as propriedades dos resíduos perigosos

aspectos sobre o tratamento de resíduos

As tratadoras precisam conhecer a fundo o material com o qual estão lidando, especialmente aqueles que podem oferecer perigos.  Para isso, necessitam identificar a composição dos resíduos perigosos, o quanto eles podem ser nocivos ao homem e à natureza e como tratá-los. Existem cinco propriedades que indicam que um resíduo é danoso:

  •  inflamabilidade: são os resíduos que podem entrar em combustão facilmente ou até de forma espontânea;
  • corrosividade: são os resíduos que têm característica ácida e podem atacar materiais e organismos vivos;
  • reatividade: são resíduos que reagem com outras substâncias de forma violenta e imediata, podendo liberar calor e energia;
  • toxicidade: são resíduos que agem sobre organismos vivos, provocando danos a suas estruturas biomoleculares, podem trazer problemas carcinogênicos, teratogênicos, mutagênicos, entre outros;
  • patogenicidade: são resíduos com características biológicas infecciosas, contendo microorganismos ou suas toxinas, capazes de produzir doenças em homem e animais.

Cinco bons exemplos de logística reversa do setor de cosméticos

Invista em técnicas de reciclagem

Buscar inovação no tratamento dos resíduos é outro aspecto que deve ser considerado. Hoje em dia há tecnologias que permitem neutralizar as características negativas dos resíduos. As técnicas podem, também, transformar os resíduos por meio da reciclagem.

Com os métodos de reciclagem, a tratadora dá vida nova aos resíduos. Aplicando diferentes técnicas, há mudança do estado físico, físico-químico ou biológico do resíduo, de modo que ele ganhe características que o tornem novamente matéria-prima ou produto.

Uma das grandes vantagens é que se evita a exploração predatória dos recursos naturais, poupando a natureza.

aspectos sobre o tratamento de resíduos

Conquiste a credibilidade da clientela

aspectos sobre o tratamento de resíduos

Tratar os resíduos respeitando as leis ambientais gera excelente reputação para uma empresa. A tratadora que é ambientalmente responsável ganha confiabilidade e um bom posicionamento no mercado.

Antes de contratar uma empresa para manejar suas sobras a geradora vai avaliar a credibilidade das prestadoras de serviço. Aquela que tem uma atuação ecologicamente correta sairá na frente em relação à concorrência.

Sete bons motivos para incluir a logística reversa de resíduos

Comprove a viabilidade técnica do seu negócio

A empresa que trata os resíduos deve seguir à risca as normas ambientais. Isso é condição essencial para o sucesso do negócio e a credibilidade da empresa. Um aspecto que não pode ser negligenciado é a viabilidade técnica da tratadora.

Em seu artigo 9º, a Lei 12.305/2010, do Programa Nacional dos Resíduos Sólidos (PNRS), afirma que as empresas tratadoras precisam comprovar sua viabilidade técnica e ambiental. Devem, também, implantar programa de monitoramento de emissão de gases tóxicos aprovado pelo órgão ambiental.

Evite sanções, obedecendo requisitos legais

Se houver descumprimento das exigências legais, a tratadora pode ser punida, sendo enquadrada, por exemplo, na Lei de Crimes Ambientais. As autuações podem variar de R$ 500,00 a R$ 2 milhões e mais pena de reclusão de 1 a 4 anos se o crime for com intenção e de detenção de 6 meses a 1 ano se o crime for sem intenção.

São considerados crimes ambientais o armazenamento ou abandono de substâncias tóxicas, perigosas ou nocivas à saúde humana ou em desacordo com as leis. Também há punição para condutas que gerem a disseminação de doenças, pragas e que possam causar danos à agricultura, pecuária, fauna e flora e ao ecossistema.

Como lucrar com a comercialização de resíduos de borracha?

Contrate uma consultoria especializada

aspectos sobre o tratamento de resíduos

Para não errar no tratamento de resíduos um aspecto que pode colaborar é se orientar com quem tem expertise no assunto. A VG é especialista no assunto e pode prestar consultoria para que os tratamentos cumpram todos os requisitos legais. Também pode auxiliar indicando implantação de tratamentos inovadores e não prejudiciais ao meio ambiente.

As tratadoras também podem se valer do Mercado de Resíduos. Trata-se de uma plataforma on-line de oferta e busca de resíduos e serviços. Por meio digital, geradores e tratadores de resíduos podem realizar parcerias. Os geradores cadastrados na plataforma informam qual resíduo produzem, já os tratadores podem fazer ofertas para manejo ou compra dessas sobras. De forma totalmente automatizada, a plataforma seleciona qual a oferta ganhadora do leilão, colocando gerador e tratador em contato.

Como se vê, devem ser observados diversos aspectos no tratamento de resíduos. A empresa que se responsabiliza pelo manejo das sobras deve estar atenta à legislação, evitando impactos ambientais. Ao receber os resíduos das geradoras,  é fundamental atuar de forma idônea e ecologicamente responsável. Isso gera ótima reputação para a empresa, confiabilidade da clientela e poupa o meio ambiente e as pessoas.

Gostou desse tema ou achou o assunto relevante? Deixe seu comentário abaixo ou compartilhe o conteúdo nas redes sociais.

Se quiser aprofundar mais sobre o assunto leia este outro artigo do blog: Como montar uma empresa de reciclagem em 7 passos

aspectos sobre o tratamento de resíduos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© VG Residuos Ltda, 2019