×

Soluções de logística reversa: qual a melhor para a minha empresa?

Soluções de logística reversa: qual a melhor para a minha empresa?
Avalie este post

Soluções de logística reversa

Soluções de logística reversa podem ser eficientes para todas as organizações que geram resíduos e precisam se tornar ambientalmente responsáveis. A logística reversa, processo por meio do qual o fabricante recolhe o produto pós-consumo e o coloca de volta no ciclo produtivo, é uma solução ecologicamente correta. 

Da forma convencional, o produto começa seu ciclo na fabricação e termina ao ser usado pelo consumidor. Já na logística reversa, os resíduos das mercadorias voltam ao produtor depois de serem usados pelo consumidor. Para que isso aconteça, pontos de coleta devem ser instalados para que os consumidores possam depositar os produtos pós-uso.

A seguir, você entende como é o sistema de logística reversa de resíduos e por que ela é importante para a conservação ambiental. Conhece, também, soluções de logística reversa que são ideais para as organizações. Acompanhe!

Saiba a importância da logística reversa para o meio ambiente.

Saiba como funciona a logística reversa

Soluções de logística reversa

O Brasil tem problemas ambientais que são consequência do excesso de resíduos em função do aumento do consumo. Com a população consumindo mais produtos, as sobras tornam-se excedentes e é preciso encontrar soluções sustentáveis para o reaproveitamento dos resíduos.

A logística reversa vem para atenuar os problemas ambientais causados pelo excesso de sobras. É um sistema que faz com que os resíduos deixem de poluir o meio ambiente e ganhem vida nova após o consumo. As sobras voltam para os fabricantes, importadores, distribuidores e comerciantes, ao invés de serem descartados de no ambiente ou nos aterros sanitários.

Para o funcionamento da logística reversa, os fabricantes ou comerciantes devem investir na instalação de pontos coleta de resíduos. Os consumidores devem ser estimulados a depositar as sobras nesses locais. De volta aos fabricantes, esses devem adotar soluções de reciclagem para os resíduos. Com essa técnica, as sobras podem voltar como matéria-prima par o ciclo produtivo. Todo o sistema atenua a degradação ambiental e ainda pode trazer lucro para o fabricante.

PEVs ajudam a instituir a logística reversa

Veja as empresas obrigadas a implantar a logística reversa

Soluções de logística reversa

Por sua importância para a diminuição dos problemas ambientais, a logística reversa se tornou uma obrigação legal a partir da promulgação da Lei 12.305/10. De acordo com a legislação ambiental, virou obrigação incluir a logística reversa todas as empresas que fabricam, importam, distribuem e comercializam:

  • pilhas e baterias;
  • óleos lubrificantes automotivos;
  • pneus;
  • resíduos e embalagens de agrotóxicos;
  • eletrônicos;
  • lâmpadas.

PEVs ajudam a instituir a logística reversa

Conheça as melhores soluções de logística reversa

Soluções de logística reversa

Um aspecto essencial para a logística reversa ser benéfica para a organização é o investimento na reciclagem dos resíduos. As melhores soluções vão depender do tipo de resíduo que passa pela logística reversa.

Algumas organizações têm sido bem sucedidas ao investir no fluxo reverso. As empresas que fabricam materiais eletroeletrônicos, plásticos, vidro, alumínio e outros elementos têm obtido sucesso ao reciclar os resíduos depois de recolhê-los. As soluções adotadas são:

  • plásticos: podem ser transformados por processo mecânico, químico ou energético;
  • estanho e cobre: podem ser obtidos a partir de placas de circuito eletrônico microcomputadores, pelo processo de  lixiviação;
  • alumínio: pela reciclagem são retiradas as impurezas do material, é feita a picotagem e fundição. O material é derretido e vira alumínio líquido, base para lingotes ou chapas de alumínio.

As empresas de óleos lubrificantes automotivos também têm se dado bem com a logística reversa.  Pelo sistema de rerrefino é possível usar o óleo usado, extraindo dele matéria-prima para o óleo novo. Isso se dá porque o produto usado contém cerca de 80 a 85% de óleo lubrificante básico.

A logística reversa dos óleos, aliada à técnica do rerrefino, além da base para um novo óleo automotivo, também gera subprodutos como a fração asfáltica do óleo (maior parte degradada do óleo lubrificante usado) usada como plastificante em derivados do petróleo.

Os pneus velhos também vêm ganhando vida nova passando pela logística reversa. Quando são recolhidos eles têm sido reaproveitados com sucesso especialmente pela indústria cimenteira. Usando o sistema de coprocessamento, a borracha dos pneus é queimada em fornos. Isso substitui parcialmente o combustível que alimenta a chama que transforma calcário e argila em clínquer, matéria-prima do cimento.

Com a moagem dos pneus também é possível gerar matéria-prima para outros produtos.  A reciclagem é a base para a criação de tapetes de automóveis, solas de sapato, pisos industriais, quadras esportivas, materiais de vedação e dutos pluviais.

Cinco bons exemplos de logística reversa do setor de cosméticos

Colaboração de diversos setores é essencial

A corresponsabilidade de diversos setores é fundamental para o sucesso da logística reversa. É necessário o empenho do governo, consumidores, fabricantes e comerciantes. Todos devem dar sua parcela de colaboração para o sistema funcionar. O poder público, por exemplo, deve focar em educação ambiental, estimulando que a população devolva os resíduos das mercadorias. O consumidor deve ser incentivado a entregar os resíduos nos postos de coleta pós-uso. Os fabricantes ou comerciantes devem organizar os pontos de recolhimento. Depois de coletados, devem adotar soluções de reciclagem para que o resíduo volte como matéria-prima em seu ciclo produtivo.

Saiba como realizar a logística reversa de óleo lubrificante usado ou contaminado.

Conte com a VG Resíduos

Soluções de logística reversa

Implantar a logística reversa pode ser trabalhoso para as empresas geradoras de resíduos. Por isso, contar com uma consultoria pode ser uma solução acertada. É oportuno ter uma equipe que possa orientar as geradoras sobre as fases a serem implantadas, sistemas de coleta e de reciclagem dos resíduos, tudo de acordo com a legislação ambiental.

E a VG Resíduos é uma consultoria que pode trazer todas as facilidades que o gerador precisa. Através do seu sistema de gerenciamento de resíduos, o gerador diagnostica e monitora a quantidade de sobras geradas, os tipos de resíduos e o seu fluxo reverso. Com essas informações é possível implantar um sistema de logística reversa eficiente.

Como se vê, há muitos caminhos para sua empresa implantar um sistema de fluxo reverso, dando vida nova a resíduos que provocariam degradação ambiental. Investindo em técnicas de reciclagem, há muitas soluções de logística reversa que podem trazer lucro para a empresa e ainda torná-la ambientalmente responsável.

Gostou desse tema ou achou o assunto relevante? Deixe seu comentário abaixo ou compartilhe o conteúdo nas redes sociais.

Se quiser aprofundar mais sobre o assunto leia este outro artigo do blog: Como as empresas estão lucrando com a logística reversa do isopor.

PEVs ajudam a instituir a logística reversa

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© VG Residuos Ltda, 2018