Quais são os três pilares do desenvolvimento sustentável?

Curtiu este post?

Avaliação: 0.0/5

30/10/2020

três pilares do desenvolvimento sustentável

Os três principais pilares do desenvolvimento sustentável são o social, econômico e ambiental. Para se desenvolver de forma sustentável, uma empresa deve atuar de forma que esses três pilares coexistam e interajam entre si de forma harmoniosa.

A Organização WWF define desenvolvimento sustentável como sendo desenvolvimento capaz de suprir as necessidades da geração atual sem comprometer a capacidade das futuras gerações de satisfazerem as suas próprias necessidades. Em outros termos significa obter crescimento econômico sem esgotar os recursos naturais para o futuro.

Para alcançar o desenvolvimento sustentável, é imprescindível harmonizar o crescimento econômico, inclusão social e proteção ao meio ambiente para o bem-estar dos indivíduos e da sociedade. Neste artigo vamos entender mais sobre cada um desses pilares. Confira!

Gestão ambiental

Desenvolvimento sustentável - conceito

três pilares do desenvolvimento sustentável

A WWF, uma organização que trabalha para mudar a atual situação ambiental, reduzir a degradação do meio ambiente, e promover uma interação harmoniosa entre o homem e o meio ambiente, define desenvolvimento sustentável como sendo:

“o desenvolvimento capaz de suprir as necessidades da geração atual, sem comprometer a capacidade de atender as necessidades das futuras gerações. É o desenvolvimento que não esgota os recursos para o futuro.”

O conceito surgiu na Comissão Mundial sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento. Essa comissão foi criada pelas Nações Unidas para discutir e propor meios de desenvolver a economia ao mesmo tempo em que conserva o meio ambiente.

Para alcançar o desenvolvimento sustentável foram definidos 17 objetivos – ODS ONU. Até 2030 todos os países do mundo devem implementar os 17 objetivos e 169 metas.

O desenvolvimento sustentável é voltado para o planejamento participativo e para a criação de uma nova organização econômica e desenvolvida, bem como para o desenvolvimento social para o presente e para as gerações futuras.

Os três pilares do desenvolvimento sustentável

três pilares do desenvolvimento sustentável

A construção do conceito de desenvolvimento sustentável se baseia em três pilares: desenvolvimento econômico, desenvolvimento social e proteção ambiental.

O social se refere a todo o capital humano que está relacionado ao projeto desenvolvido pela empresa, seja funcionários, público alvo, comunidade ao redor e até mesmo fornecedores de produtos e serviços.

Para que a empresa esteja realmente realizando ações sustentáveis é preciso que a mesma proporcione um ambiente estimulante a criação de relações de trabalho saudáveis. Além de, favorecer o desenvolvimento pessoal e coletivo dos direta ou indiretamente envolvidos. Para o econômico é necessário que a organização seja capaz de oferecer produtos e serviços de maneira que estabeleça uma relação de competitividade justa em relação aos concorrentes.

Além disso, não deve existir exploração de funcionários ou degradação do meio ambiente para auxiliar no lucro e na rentabilidade da empresa.

O ambiental se refere a todo o tipo de condutas que possam interferir no meio ambiente, seja direta ou indiretamente. A empresa deve buscar minimizar todos os possíveis impactos ambientais que a mesma pode causar no meio ambiente.

Como inserir os pilares do desenvolvimento sustentável na organização?

três pilares do desenvolvimento sustentável

A sustentabilidade contribui para o desenvolvimento econômico, social e ambiental da organização e todas as partes envolvidas.

Para inserir o conceito é necessário desenvolver a responsabilidade socioambiental e estabelecer a sustentabilidade como valor estratégico da empresa.

Veja algumas dicas nos quais é possível colocar em prática ações sustentáveis na empresa, contribuindo para que todos se beneficiem:

Benefícios sociais

As ações sociais desenvolvem entre os colaboradores, acionistas e comunidade uma consciência voltada para o desenvolvimento sustentável.

Abaixo listamos algumas ações:

  • programas educacionais, de formação de funcionários e qualificação de jovens: trata-se de programas que a empresa pode desenvolver para contribuir com o desenvolvimento educacional dos funcionários e da sociedade em torno. Os programas investem na qualificação de jovens, da sociedade, bem como de seus colaboradores. Através destes programas as partes envolvidas ganham à oportunidade de aprimorarem seus conhecimentos e, consequentemente, contribuem para o desenvolvimento sustentável;

  • inclusão de pessoas: através de ações de inclusão a empresa abre vagas para receber pessoas com deficiência, permitindo a eles terem os mesmos direitos que os demais. Além disso, oportuniza o crescimento de corporativas de reciclagem gerando mais oportunidades para os catadores de resíduos;

  • investimento social na comunidade de entorno: a empresa investe em ações sociais que beneficiem a comunidade localizada no entorno como: mutirões de combate a dengue, estabelecimento de bibliotecas comunitárias, pontos de recolhimento de recicláveis, entre outros.

Benefícios Ambientais

As ações ambientais buscam a proteção ambiental, através do consumo consciente dos recursos naturais e da redução dos impactos negativos que suas atividades podem causar.

Abaixo listamos algumas ações que contribuem:

  • ecoeficiência: a empresa encontrará maneiras de otimizar a sua produção, diminuindo a quantidade de recursos que utiliza e de resíduos que despeja no meio ambiente;

  • reciclagem e destino correto de resíduos: a organização através da consciência para busca do desenvolvimento sustentável busca meios para reduzir a geração de resíduos enviados para aterros através da reciclagem e logística reversa;

  • uso de combustível de fontes renováveis;

  • compensação de emissões de CO2 e crédito de reciclagem.

Benefícios Econômicos

As ações econômicas buscam o crescimento econômico da empresa ao mesmo tempo em que protege o meio ambiente e a sociedade. Abaixo listamos algumas ações que contribuem:

  • participação de clientes e comunidade no desenvolvimento de novos produtos: através dessa participação a organização mostra transparência em suas ações e valoriza a todos com parte integrante para o sucesso do negócio. Essa ação gera lucro para a organização;

  • cumprir corretamente com suas obrigações legais: entre as ações econômicas está o pagamento correto de seus tributos, bem como cumprir com seus deveres perante clientes, colaboradores e fornecedores. O cumprimento de leis e obrigações ambientais, tais como: a Política Nacional de Resíduos Sólidos, a emissão de CDF, MTR, CADRI, o transporte seguro de resíduos etc.;

  • postura ética: a empresa deve agir de forma ética, respeitando a todos, principalmente, a concorrência;

  • atendimento às reclamações e sugestões de consumidores.

A VG Resíduos pode auxiliar, uma vez que a plataforma incentiva destinações limpas e melhora a eficiência das empresas na gestão dos seus resíduos.

A plataforma traz funcionalidades específicas para o controle das áreas geradoras, dos processos, dos prestadores de serviços e dos documentos, tudo com metodologia baseada na Política Nacional de Resíduos e demais legislações pertinentes ao assunto.

Sendo assim, os três pilares do desenvolvimento sustentável são o social, econômico e ambiental. A empresa deve buscar ações para a sustentabilidade três pilares coexistam e interajam entre si de forma harmoniosa.

Gostou desse assunto ou acha ele relevante? Compartilhe nas redes sociais ou deixe seu comentário abaixo.

Gerenciamento de resíduos

Compartilhe!


Curtiu este post?

Avaliação: 0.0/5