×

Como se destacar sendo um especialista no tratamento de resíduos

Como se destacar sendo um especialista no tratamento de resíduos
Avalie este post

especialista no tratamento de resíduos

Como se destacar como especialista no tratamento de resíduos no mercado brasileiro? É sabido, conforme determina a Lei 12.305/2010, Política Nacional dos Resíduos Sólidos, que o reaproveitamento dos resíduos tem sido uma realidade mais presente pelas empresas. Assim, tem-se aumentado cada vez mais o número de empresas especialistas em tratamento de resíduos.

Muito além dos tradicionais metais, papéis, plásticos e borrachas, os tratamentos têm atingido cada vez mais resíduos químicos, orgânicos, efluentes diversos e materiais de alta complexidade. Neste artigo, vamos ajudar você a tornar um especialista como tratador de resíduos. Saiba mais!

O mercado de resíduos no Brasil

especialista no tratamento de resíduos

O mercado de resíduos sólidos já é bastante desenvolvido em alguns países de alta produtividade industrial. Alemanha e Japão, contudo, há ainda um enorme espaço a ser ocupado pelas mais diversas empresas nas nações em desenvolvimento, como é o caso do Brasil.

Estima-se que do total de resíduos produzidos pelas empresas e famílias brasileiras, apenas 8% sejam submetidos ao processo de reciclagem. O restante ainda vai para aterros e lixões. O interessante é que para resíduos mais tradicionais, como alumínio, papel, ferro e plásticos limpos, as taxas de reciclagem podem chegar a 90%. Mas existem milhares de resíduos não explorados pelas empresas, como é o caso dos orgânicos, eletrônicos e materiais contaminados com gordura.

O mercado de reciclagem e destinação de resíduos brasileiro, apesar de pequeno quando comparado ao dos países mais avançados, já movimenta mais de R$10 bilhões de reais todos os anos. Em situação hipotética, se 100% dos resíduos passassem pelo processo de destinação adequada, este valor poderia facilmente passar dos R$100 bilhões.

Leia também: Quais leis influenciam o tratamento de resíduos e o seu negócio?

As oportunidades abertas no mercado de resíduos brasileiro

especialista no tratamento de resíduos

Há muito espaço para ser explorado no mercado de resíduos brasileiro. Uma parte desprezível do lixo doméstico é submetida à coleta seletiva e destinada corretamente.

Há oportunidades também para resíduos complexos, como sucata eletrônica, da qual se pode extrair materiais nobres como ouro e platina. Neste caso, a maior parte deste material é exportada por não haver oferta suficiente de empresas no Brasil que se especialistas em reciclar este tipo de sucata.

Outro resíduo pouco explorado é o químico. Há muitas oportunidades para materiais descartados por operações industriais e de mineração, em geral lubrificantes, ácidos e materiais contaminantes em geral. Ainda há poucas empresas se destacando como especialistas no tratamento destes resíduos.

Exemplos de outros países

especialista no tratamento de resíduos

Há países que hoje se destacam em tecnologias de reciclagem, tendo muitas empresas especialistas no tratamento de resíduos.

Um caso emblemático é o da Alemanha, que hoje trata quase a totalidade de seus resíduos de forma sustentável.  E, ainda, chega a importar sucata para suas usinas de reciclagem eletrônica. Essas agregam valor os produtos, retiram os metais preciosos e transformam lixo em bilhões de euros anualmente.

Outro país que precisou aprender a reciclar é o Japão. Com um território tão pequeno, precisou providenciar formas de acondicionar seus resíduos que não se reduzissem a aterros e lixões. Hoje o Japão processa quase 100% do lixo doméstico e industrial, passando por várias etapas de separação e reciclagem. O material contaminado ou que não pode ser aproveitado por nenhum processo é encaminhado às usinas de incineração. Essas produzem energia elétrica através de caldeiras que utilizam lixo como combustível.

Saiba mais: Cinco vantagens de se realizar o tratamento biológico de resíduos orgânicos

Como se destacar como especialista no tratamento de resíduos?

especialista no tratamento de resíduos

O mercado de resíduos brasileiro ainda carece se especialistas para tratar todos os materiais que geramos por aqui. Mas algumas iniciativas têm possibilitado este avanço e o crescimento desse mercado. Saiba algumas dicas importantes para se destacar como especialista no tratamento de resíduos:

1- Consiga as licenças ambientais obrigatórias

A primeira coisa que uma empresa deve fazer para se destacar como uma especialista é conseguir as licenças ambientais obrigatórias para seu funcionamento. Assim ela poderá ofertar todos os seus serviços com garantia jurídica e isenta de problemas com a fiscalização.

2 – Alcance licenças operacionais para atuar no Brasil

Como especialista no tratamento de resíduos, a empresa precisará obter todas as licenças operacionais obrigatórias. As licenças ambientais são concedidas pelos estados, que possuem regras específicas para a concessão dos documentos. Em geral, as empresas contratam consultorias para ajudá-las no processo de licenciamento ambiental.

No caso das empresas que geram resíduos com algum nível de relevância ambiental, é necessária também a licença federal concedida pelo IBAMA. Semelhantemente ao processo das secretarias estaduais irá requerer alguma consultoria ou experiência da equipe da empresa para a liberação do documento.

3 – Encontre clientes no mercado de resíduos 

Uma boa dica é encontrar clientes — empresas geradoras — para conseguir resíduos de acordo com seu negócio. O ideal é encontrar resíduos pelos melhores valores possíveis e com fonte geradora mais próxima.

Uma solução é utilizar algumas plataformas já existentes no mercado de oferta e busca de resíduos. A exemplo temos a VG Resíduos, ou Mercado de Resíduos, que permite aos tratadores de resíduos a fácil localização de novos clientes. Assim, pode-se ter uma maior geração de lucro e ampliação do negócio para empresas tratadoras.

4 – Manter uma boa prestação de serviços

Como último passo é importante manter uma boa prestação de serviço às empresas geradoras, mantendo em ordem todo o gerenciamento da operação. O VG Resíduos, permite que todas as destinações sejam documentadas e comprovadas tanto para o gerador quanto para o tratador, fazendo que que o processo seja seguro e legalmente válido.

O tratamento de resíduos no Brasil é um setor ainda pouco explorado e repleto de oportunidades lucrativas. Embora alguns setores estejam mais saturados — alumínio, papéis, plásticos — há outros pouco trabalhados por empresas tratadoras de resíduos.

Sendo assim, com a Lei da Política Nacional dos Resíduos Sólidos, o reaproveitamento dos resíduos tem aumentado pelas empresas. Assim, como tem crescido o número de empresas tratadoras de resíduos, torna-se útil saber como se destacar nesse mercado. E esperamos ter ajudado você a tornar um especialista no tratamento de resíduos!

Gostou desse tema ou achou o assunto relevante? Deixe seu comentário abaixo ou compartilhe o conteúdo nas redes sociais.

Precisa se aprofundar um pouco mais a respeito? Leia outro artigo do nosso blog: É possível tratar e reciclar embalagens de aerossol e spray?

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© VG Residuos Ltda, 2018