Construção Sustentável: O que é e como aplicar

Curtiu este post?

Avaliação: 0.0/5

09/11/2021

Construção Sustentável: O que é e como aplicar

Imagine você desenvolver um projeto de construção sustentável que atenda às necessidades de habitação do homem moderno, gerando o mínimo de impacto ao meio ambiente.

É possível! Para isso existe um sistema construtivo que além de promover qualidade de vida para as pessoas, propõe soluções aos principais problemas ambientais causados pela obra civil.

Ficou interessado em aplicar a sustentabilidade no seu projeto, sem precisar renunciar à tecnologia moderna?

Então continue a leitura para aprender tudo sobre como colocar a sua obra sustentável em prática. Entenda quais são os pontos considerados positivos, negativos e saiba se essa tendência está alinhada a sua demanda.

Vamos explicar em detalhes como este sistema construtivo pode fazer a diferença no seu trabalho, na vida do cliente e na natureza. (:

Novas diretrizes para emisssão do MTR online baseado na portaria 280 do MMA / Sinir

O que é construção sustentável? Entenda o conceito

Este é um sistema construtivo que busca harmonia com o meio ambiente, a fim de reduzir os impactos ambientais nas atividades humanas.

De acordo com o relatório de Brundtland da ONU (Organização das Nações Unidas) o sustentável é:

“Aquele que satisfaz às demandas do presente, sem comprometer a capacidade das futuras gerações em satisfazer suas próprias carências.”

Ou seja, ser sustentável não é apenas resolver problemas imediatos, mas atuar no presente para preservar o meio ambiente e não prejudicar as futuras gerações.

Neste sentido, utilize recursos naturais, energia limpa, captação de água da chuva, materiais pré-fabricados, reciclagem, descarte de entulho em locais apropriados, containers e banheiros químicos no canteiro de obras.

Com o propósito de te inspirar, trouxemos exemplos de obras reconhecidas por grandes arquitetos e pelo Leadership in Energy and Environmental Design (LEED)

O selo LEED é considerado a principal certificação sustentável, emitido em mais de 130 países e conquistado em obras cujo planejamento proporciona grande economia de recursos naturais.

Já pensou seu projeto estar em uma dessas listas futuramente? Seria muito bom, não é mesmo?

Construção sustentável - 08 projetos pra te inspirar

Burj Al-Taqa

Burj Al-Taqa

Este projeto é considerado um dos mais belos designs arquitetônicos do mundo.

Sua harmonia e essência estética são fontes de inspiração para os arquitetos, engenheiros e amantes da 5ª arte.

Destaca-se principalmente pela imponência e modernidade, com planejamento de uma estrutura desenvolvida por métodos inovadores de autossustentabilidade.

Nele terá uma área de aproximadamente 32 mil metros de painéis fotovoltaicos, com ampla turbina eólica de 61 metros de altura e utilização da água do mar para refrigeração interna.

Esse prédio será desenvolvido para ter 100% de energia eólica e solar, ou seja, podemos dizer que ele irá produzir sua própria energia! Incrível, né?

One Bryant Park

One Bryant Park

Desenvolvido em Nova York, é uma grande referência de sustentabilidade e boas práticas em construção civil.

Com técnicas de captação de água da chuva e telhado verde, seu destaque está na inovação do sistema de filtragem de ar dos escritórios, que elimina 95% das impurezas e devolve o ar limpo para a cidade.

Edifício Eco Berrini

Edifício Eco Berrini

Idealizado com o objetivo de reduzir o impacto ambiental, o Edifício Eco Berrini chegou ao bairro do Brooklin, em São Paulo, para ser um exemplo de sustentabilidade.

Além de utilizar o método construtivo de reaproveitamento de água e descarte correto de materiais, nele ainda foram aplicadas quatro tecnologias que reduzem o consumo de recursos naturais:

  • Paisagismo inteligente com sistema de irrigação econômica;
  • Captação de água da chuva;
  • Equipamentos para água de reuso;
  • Utilização de chillers para redução do consumo energético.

Edifício Eurobusiness

Edifício Eurobusiness

Localizado em Curitiba, foi desenvolvido pela técnica mais moderna de construção sustentável, com métodos de captação de água da chuva e tratamento de esgoto.

Durante a execução do projeto, houve o recurso de tratamento dos efluentes e a implementação de caixas de contenção, que atualmente trazem uma economia de 80 mil reais por ano.

Outro ponto de destaque é o telhado verde (com vegetação aparente) do edifício, que tem uma wetland para tratamento da água sem o uso de produtos químicos.

EcoCommercial Building

EcoCommercial Building

Localizada na cidade de São Paulo, a edificação corporativa foi construída pela Bayer e desenvolvida com mais de 20 tecnologias sustentáveis.

Além de ter eficiência energética, força térmica, efeito acústico, acessibilidade, automação, paisagismo, construção econômica e design, o espaço gera 100% da sua própria energia.

Por essa razão, o projeto recebeu a certificação máxima de sustentabilidade LEED.

Produtos perigosos, sobretudo, devem atender a especificações bastante criteriosas. De estado para estado, de cidade para cidade, a legislação também pode ser diferenciada, portanto, o grupo gestor deve sempre estar atento ao trajeto do veículo e ao cumprimento das exigências locais.

Além disso, todas as cargas devem estar devidamente acompanhados dos documentos de controle ambiental expedidos pelos órgãos competentes.

A Fábrica da Coca-Cola

A Fábrica da Coca-Cola

Considerada “fábrica verde”, foi a primeira indústria de refrigerante a receber a certificação LEED de sustentabilidade.

A construção foi realizada na cidade de Maringá, Paraná, e conta com as melhores tecnologias de otimização dos processos hídricos.

Um exemplo disso é a tubulação instalada no telhado, que recebe água da chuva e é direcionada para o tratamento, com a função de ser utilizada para limpeza, lavagem de garrafas, diluição de químicos, entre outros.

Também foram usados materiais recicláveis, madeiras de manejo sustentável, energia solar, telhado verde e iluminação natural.

Arena Castelão

Arena Castelão

A Arena Castelão foi o primeiro estádio a ser concluído para a Copa do Mundo, e também o primeiro da América do Sul que recebeu a certificação LEED.

Foi reformulado na cidade de Fortaleza, Ceará, pelo Conselho Americano de Edifícios Verdes - Green Building Council – USGBC

Durante a obra, foram adotadas medidas que reduziram impactos ambientais, como a reutilização de estruturas já existentes e planejamento hidráulico eficiente, que economizou um grande volume d´água.

Dentre as tecnologias presentes, as que se destacam são:

  • Material de acabamento com baixo índice de VOC (Compostos Orgânicos Voláteis);
  • Sistema de iluminação inteligente com alto rendimento.

As ações sustentáveis começaram ainda no canteiro de obras, com a utilização de módulos habitáveis metálicos e instalação da usina de reciclagem, que reduziram até 30% as sobras de construção - como restos de ferro armado e tubos de PVC.

Estádio do Mineirão

Estádio do Mineirão

Localizado em Belo Horizonte, foi reformado em 2010 utilizando as mais modernas práticas de obras sustentáveis, o projeto foi carinhosamente chamado de “Gigante pela Natureza”.

Nele, houve a implementação de um sistema altamente eficiente para a reutilização da água, que proporcionou uma economia de até 70% na operação do estádio.

Os reservatórios de água armazenam até 5 milhões de litros, e são usados principalmente nos banheiros e na irrigação do estádio.

Além disso, é feita a coleta seletiva de lixo reciclável. O não reciclável é destinado a um aterro sanitário apropriado.

Gestão ambiental

Por que é importante reduzir o impacto das obras no meio ambiente?

A construção civil é a principal atividade responsável pela degradação do meio ambiente no mundo.

De acordo com as pesquisas, essa indústria consome entre 40% e 75% de recursos naturais. Isso ocorre devido a geração de resíduos provocados pela obra, aumento do consumo de energia e desperdício de água.

Por esta razão, as construtoras procuram cada vez mais por gestores ambientais a fim de reduzir o impacto na natureza. Esses profissionais são responsáveis por checar as licenças dos prestadores de serviços e zelar pelo meio ambiente.

Outro ponto importante é a busca constante pela redução de resíduos, como entulhos, restos de plásticos, ferros e ferramentas.

Por isso, implementar um programa de prevenção e preservação do meio ambiente durante a obra é um método eficiente para evitar desperdícios e reduzir o impacto ambiental. Ou seja, como diz o famoso ditado: “É melhor prevenir do que remediar.”

Construção sustentável: uma alternativa de baixo custo

Como foi dito, os métodos construtivos modulares ou pré-fabricados geram a redução do desperdício nas obras.

Enquanto na construção civil tradicional as perdas chegam a 20%, em práticas otimizadas de construção dificilmente alcançam 5%.

A redução só mostra que os novos métodos construtivos estão cada vez mais modernos e inteligentes, com excelente forma de economizar e maneiras de pensar.

A fim de inovar no mercado, novos produtos ecológicos estão surgindo e futuramente as pessoas poderão viver em lugares sustentáveis e que também ofereçam conforto e qualidade de vida por um custo mais barato e acessível.

A única dificuldade é que para isso acontecer precisa de uma tecnologia muito mais avançada ao que já existe no Brasil.

Enquanto isso, coloque em prática todas as dicas e informações apresentadas neste artigo. Faça sua parte e cuide do planeta, afinal ele é a nossa casa!

Gerenciamento de resíduos

Compartilhe!


Curtiu este post?

Avaliação: 0.0/5