Por que a Gestão de resíduos é vital no combate ao coronavírus?

A gestão de resíduos é vital no combate ao coronavírus, pois, em razão dela, é possível realizar disposição e descarte adequados dos resíduos, eliminando assim o seu potencial risco de contaminação.

Com a pandemia muitos tipos de resíduos perigosos e hospitalares estão sendo gerados. Esses resíduos podem causar efeitos nocivos na saúde humana e no meio ambiente.  Medidas simples como o armazenamento correto de resíduos, tratamento, e destinação ambientalmente correta contribuem para evitar riscos de contaminação e proliferação da doença. Saiba mais!

Crise do coronavírus e resíduos: como reduzir impactos ambientais.

A gestão de resíduos é vital no combate ao coronavírus

A gestão de resíduos é vital no combate ao coronavírus! Essa afirmativa é defendida, também, pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA).

Com a pandemia do novo coronavírus a geração de resíduos aumentou consideravelmente. Percebemos uma crescente na geração de resíduos como luvas, máscaras e outros tipos de resíduos infectados. Esses resíduos se não separados misturam com os resíduos domésticos aumentando a disseminação do vírus.

O manejo e o descarte final correto desses resíduos são essenciais para diminuir essa disseminação.

A gestão de resíduos é um processo obrigatório que as empresas devem realizar mesmo em momentos de crise, como essa provocada pelo COVID-19. Mas como realiza-la de forma eficiente?

Ao realizar a gestão de resíduos você esta adotando um conjunto de ações adequadas nas etapas de coleta, armazenamento, transporte, tratamento, destinação final e disposição final ambientalmente adequada. Tais atividades envolvem uma relação entre aspectos administrativos, financeiros, legais e de planejamento.

O objetivo do gerenciamento no combate ao coronavírus é destinar os resíduos adequadamente preservando a saúde pública e a qualidade do meio ambiente.

Sete potenciais riscos pela destinação irregular de resíduos

Classificação dos resíduos na pandemia do coronavírus

Os resíduos contaminados com coronavírus devem ser classificados segundo a RDC 222/2018 e Resolução CONAMA 358 como resíduos de serviços de saúde do Grupo A (sub grupo A1), IN 13 Ibama no 180102, ABNT 12808, risco biológico, resíduos com presença de agentes biológicos que, por suas características, podem apresentar risco de infecção.

Os resíduos devem ser acondicionados, em sacos lacrados para garantir o isolamento do material dentro do saco. Esse saco deve ser identificado com o símbolo de substância infectante.

Esses resíduos devem ser submetidos a processos de tratamento que promova redução de carga microbiana. Posteriormente devem ser encaminhados para aterro sanitário licenciado ou local devidamente licenciado para disposição final de resíduos de serviços de saúde.

A outras formas de tratamento como por autoclave e incineração. Tecnologias limpas e eficientes para tratar o resíduo contaminado.

A PNUMA, nas Diretrizes Técnicas da Convenção da Basileia sobre o Gerenciamento Correto de Resíduos Biomédicos e de Serviços de Saúde, disponibiliza informações para a gestão dos resíduos gerados durante a pandemia.

No site do Centro Regional para a Ásia e o Pacífico da Convenção da Basileia é listados documentos com orientações e boas práticas para a gestão dos resíduos.

O resíduo reciclável deve ficar em quarentena em um local separado por um bom período de tempo. Importante que esses resíduos estejam protegidos para evitar a contaminação. Na Cartilha sobre Resíduos Biomédicos e de Serviços de Saúde encontramos as diretrizes para a reciclagem desses materiais.

Já os resíduos domiciliares devem ser tratados como resíduos perigosos e descartados separadamente.

Mercado de Resíduos faz reduzir custos em momento de crise

Os riscos de uma gestão de resíduos inadequada

Para fazer a gestão resíduos adequada no combate ao coronavírus é preciso, antes de qualquer coisa, entender os riscos desses resíduos ao meio ambiente e a saúde pública.

Esses materiais podem conter material biológico, objetos perfurantes, cortantes ou contaminados altamente infectocontagiosos.

O gerenciamento inadequado desses resíduos pode aumentar a disseminação do vírus, provocar mais mortes, saturar os hospitais, etc..

Para evitar esses riscos a gestão de resíduos é vital no combate ao coronavírus. Os aspectos que demonstram se sua gestão é eficiente no combate ao coronavírus são:

  • você tem diagnóstico do resíduo gerado: conhecer os tipos de resíduos gerados é fundamental em uma gestão de resíduos eficiente. Para ter o diagnóstico é preciso ter controle dos resíduos gerados. É somente através do software o controle da geração é feito de forma confiável;
  • você tem uma equipe envolvida na gestão de resíduos: através do software de gestão é possível sincronizar os setores que desenvolvem trabalhos de forma conjunta. Quando a equipe compartilha dados referentes à gestão de resíduos tendem a se integrar melhor, e consequentemente, a sua gestão é eficiente. Portanto, a sua empresa precisa garantir que todos tenham o mesmo acesso a informações e arquivos da gestão de resíduos;
  • você tem um fornecedor qualificado para destinar resíduos: O Mercado de Resíduos, uma plataforma da VG Resíduos, é um local onde geradores encontram fornecedores qualificados. Tudo isso através de um portal unificado de fornecedores e geradores;
  • você tem monitoramento da gestão de resíduos: o monitoramento e a análise dos dados do gerenciamento faz com que a empresa enxergue o resíduo não como um problema, mas como uma solução estratégica para seu negócio.

A VG Resíduos no combate ao coronavírus

 

Para facilitar a sua gestão e descobrir meios de enfrentar essa crise do coronavírus e resíduos a VG Resíduos possui uma plataforma eficiente de gestão de resíduos.

Essa plataforma auxilia na gestão de resíduos, gerenciamento, destinação, logística reversa e na coleta e transporte de resíduos de forma sustentável. Você consegue ter total controle sobre a quantidade de resíduos gerados e qual a destinação dada eles.

Outra vantagem da VG Resíduos é que você pode fazer toda a gestão de casa, não precisando ir à empresa, assim evita a exposição ao vírus.

A gestão de resíduos é vital no combate ao coronavírus, uma vez que através do gerenciamento eficiente são adotados medidas simples como o armazenamento correto de resíduos, tratamento, e destinação ambientalmente correta. Essas medidas contribuem para evitar riscos de contaminação e proliferação da doença.

Gostou desse assunto ou acha ele relevante? Compartilhe nas redes sociais ou deixe seu comentário abaixo.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© VG Residuos Ltda, 2019