×

Como montar uma empresa de reciclagem em 7 passos

Como montar uma empresa de reciclagem em 7 passos
5 (100%) 1 voto

Montar uma empresa de reciclagem

Montar uma empresa de reciclagem pode ser uma boa opção de negócio. Se bem administrada se torna um modelo de negócio lucrativo. Além da vantagem de estar associado à preocupação com o meio ambiente e qualidade de vida.

Atualmente, há diversas leis que incentivam as empresas a usar reciclados em seus produtos. Como também outras leis que determinam a responsabilidade de reciclarem resíduos, como a Política Nacional de Resíduos Sólidos. Esses fatores são preponderantes para montar uma empresa de reciclagem.

O Brasil perde mais de R$ 3 bilhões por ano por não reciclar resíduos sólidos.  Apesar do desperdício o setor de reciclagem ainda consegue movimentar R$ 12 bilhões por ano. Ou seja, é um negócio muito rentável e promissor e que ainda auxilia a prevenir danos à natureza. Confira os passos para montar uma empresa de reciclagem lucrativa!

descartar resíduos de cosméticos

Montar uma empresa de reciclagem

Saiba os sete passos para montar uma empresa de reciclagem.

1º: Matéria Prima

Montar uma empresa de reciclagem

O primeiro passo para montar uma empresa de reciclagem é identificar qual o tipo de matéria prima (no caso resíduo) a empresa trabalhará: se com um resíduo especifico ou mais opções.

Para escolher a melhor opção, ou seja, a que mais será rentável ao negócio, é importante levar em conta três fatores: giro de estoque, cobertura dos estoques e nível de serviço ao cliente.

O giro de estoque indica se o capital investido em estoques foi recuperado através das vendas. A cobertura de estoque indica se o estoque consegue cobrir as vendas. E o nível de serviço ao cliente indica se o negócio consegue atender as necessidades do cliente com prontidão.

descartar resíduos de cosméticos

Importantíssimo, o empreendedor avaliar se a matéria prima vai oferecer a possibilidade de manter um estoque mínimo para atender os seus clientes e se não ficará parado por muito tempo no estoque. Portanto, o estoque de matéria prima deve ser mínimo, com intuito de gerar o menor impacto no capital de giro.

O software de gerenciamento dos resíduos da VG Resíduos é uma solução prática e funcional que permite à sua empresa realizar a gestão completa do processo, monitorar históricos e tomar decisões estratégicas baseadas em gráficos e relatórios. Através dele a empresa consegue controlar a quantidade de resíduos em seu estoque.

No Mercado de Resíduo, você encontra os melhores fornecedores de resíduos, como também é um ambiente onde é possível negociar o reciclador. A plataforma serve para integrar interessados em resíduos e, sobretudo, estruturar uma rede de contatos que garanta o oferecimento de soluções para compra, venda, tratamento e transporte de resíduos em escala nacional.

Saiba quais tipos de papel são mais lucrativos para sua empresa tratar.

2º: Localização

Montar uma empresa de reciclagem

O próximo passo é decidir a localização: onde montar uma empresa de reciclagem? A melhor escolha é sempre a mais próxima da matéria prima escolhida.

O empresário antes de decidir onde montar uma empresa de reciclagem deve verificar as regulamentações do município para abrir um negócio e observar os seguintes detalhes:

Verifique se o imóvel que será montado a empresa atende as suas necessidades operacionais quanto a localização, capacidade de instalação, características da região;

Saiba como localizar bons clientes para tratamento de resíduos perigosos.

3º: Exigências legais

Para montar uma empresa de reciclagem o empresário deve realizar uma consulta comercial junto à prefeitura onde será aberta a empresa. A consulta serve para verificar se é permitido no local escolhido abrir uma empresa de reciclagem.

Além disso, antes de registrar o nome e marca da empresa o empresário deve verificar junto a Junta Comercial ou Cartório e Instituto Nacional de Propriedade Intelectual (INPI) se o nome pretendido já é utilizado.

Para montar a empresa também são necessários:

  • solicitação do CNPJ;
  • solicitação da inscrição estadual;
  • alvará de licença;
  • matricula no INSS;

Além do mais, é preciso consultar a legislação para verificar quais leis e normas devem ser seguidas para a atividade exercida.

Saiba quais prejuízos pode ter o tratador sem licença ambiental.

4º: Estrutura

Montar uma empresa de reciclagem

A estrutura de uma empresa de reciclagem dependerá do tipo de material a ser processado.

A decisão do tamanho do galpão é única e exclusiva do empresário. Para melhor tomada de decisão a SEBRAE sugere uma área mínima de:

  • 1.000m² para reciclagem de papel ondulado ou de escritório;
  • 1.500m² para reciclagem de plástico filme e pet;
  • 700m² para reciclagem de pneus.

descartar resíduos de cosméticos

5º: Pessoal

Montar uma empresa de reciclagem exige a contratação de diversos profissionais.

Será necessário: administrador, encarregado de produção, operador de máquina, auxiliar de produção, motorista, vigia, ajudante de carga e descarga e representante comercial.

6º Equipamentos

Montar uma empresa de reciclagem

Os equipamentos necessários para o funcionamento de uma empresa de reciclagem dependem do porte e do tipo de material a ser reciclado.

Para papel é necessário calandra, corrugadeira, balanças, seladora, prensa hidráulica e guilhotina industrial. Para pneus os equipamentos necessários são: trituradores; autoclaves; peneiras. Para reciclar plásticos é necessário a aquisição de prensa, moinho, extrusora, triturador, aglutinador, centrifuga e batedor.

O investimento ao montar uma empresa de reciclagem depende de decisões do empreendedor, como: se o local será próprio ou alugado; se os equipamentos serão novos ou usados; a quantidade de funcionários; etc..

O investimento estimado para montar uma empresa de reciclagem de papel, por exemplo, é de R$ 125.000,00. Para reciclagem de plástico é estimado um investimento de R$ 210.000,00.

7º: Processo Produtivo

A organização do processo produtivo dependerá do tipo de matéria prima.

Para reciclar papel há um processo específico e diferente da reciclagem de plásticos, pneus, metais, vidro e resíduo orgânico.

Concluímos que o tema sustentabilidade é o maior incentivador, juntamente com leis especificas sobre a destinação ambientalmente correta de resíduos, para montar uma empresa de reciclagem. A conscientização e a preocupação com o destino de resíduos aumentam e, consequentemente, crescem as oportunidades para trabalhar nesse ramo. O investimento depende do tipo de resíduo a ser reciclado, porém o lucro é considerável.

Gostou desse assunto ou acha ele relevante? Compartilhe nas redes sociais ou deixe seu comentário abaixo.

Mas quer se aprofundar um pouco mais a respeito? Leia outro artigo do nosso blog: Saiba como ganhar dinheiro com a reciclagem de resíduos

descartar resíduos de cosméticos

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© VG Residuos Ltda, 2018