Passo a passo para realizar a caracterização do resíduo

Passo a passo para realizar a caracterização do resíduo
Avalie este post

Muitas empresas encontram dificuldade para realizar o gerenciamento adequado de resíduos devido a enorme quantidade produzida e a questão relativa a composição dos materiais.

Antes da destinação final, todo resíduo deverá ser processado apropriadamente para evitar danos ao meio ambiente e a saúde do ser humano.

A caracterização de resíduos tem papel importante nessa etapa ao determinar os principais aspectos físico-químicos, biológicos, qualitativos e/ou quantitativos do resíduo gerado, pois estes aspectos analíticos auxiliam na classificação do resíduo para a escolha da melhor destinação.

Conhecer o passo a passo para realizar a caracterização do resíduo é essencial para a gestão correta de resíduos.

No primeiro passo da caracterização é feita uma descrição detalhada da origem do resíduo.

No segundo passo é denominado com base em: seu estado físico; em qual processo originou-se; de qual atividade industrial pertence; e qual o seu principal constituinte.

No terceiro passo é definida a destinação do resíduo se será em: aterro para resíduo industrial; aterro sanitário; ou se será destinado para tratamento térmico (Compostagem, Incineração, Co-processamento, etc.).

Mas afinal, o que é caracterização de resíduo?

Existem algumas dúvidas sobre o que seria caracterizar os resíduos e o passo a passo. Muitos confundem caracterização e classificação acreditando que os dois têm o mesmo significado dentro do gerenciamento de resíduos.

A caracterização e classificação são etapas distintas realizadas durante o gerenciamento de resíduos.

A caracterização de resíduos sólidos consiste em determinar suas principais características físico-química, qualitativa e/ou quantitativamente.

A caracterização deve ser feita por profissionais especializados seguindo os procedimentos de coleta, transporte e análises laboratoriais para que sejam feitos testes específicos.

As análises são baseadas nas NBR 10.004, 10.005 e 10.006, normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas.

Os resultados analíticos são utilizados para a classificação do resíduo e auxiliam na melhor destinação do mesmo.

Classificação de resíduos

A classificação dos resíduos no Brasil é determinada pela NBR 10.004/04 da ABNT, que leva em consideração os riscos potenciais para o meio ambiente e a saúde pública que os resíduos podem causar.

A classificação de resíduos envolve a identificação do processo ou atividade do qual originou, além de seus constituintes e características cujo impacto à saúde e ao meio ambiente é conhecido.

A VG Resíduos, uma empresa do Grupo Verde Ghaia, através do serviço de gerenciamento de resíduos proporciona uma solução prática e funcional para sua empresa na caracterização do resíduo gerado durante os processos.

A VG Resíduos auxilia as organizações a realizarem a gestão completa dos resíduos, monitorar históricos, apresentação da documentação necessária exigida por lei e a tomar decisões estratégicas baseadas em gráficos e relatórios.

Passo a passo para caracterização de resíduos

 

A VG Resíduos apresenta o passo a passo para realizar a caracterização do resíduo gerado em seus processos.

1º Passo: Descrição detalhada da origem do resíduo

Nessa etapa deve ser feito a descrição do resíduo indicando:

  • Estado físico em que se encontra o resíduo;
  • Aspecto geral;
  • Cor;
  • Odor;
  • Grau de heterogeneidade – se é um resíduo homogêneo ou heterogêneo.

2º Passo: Denominação do resíduo com base em:

Nessa etapa o gerador deve determinar:

  • Processo de origem, ou seja, de qual atividade da empresa o resíduo foi gerado;
  • Atividade industrial;
  • Constituinte principal – qual a substância principal que compõe o resíduo;

3º Passo: Destinação

A escolha da destinação ambientalmente correta depende dos resultados analíticos dos resíduos no qual será a base para classificá-los.

A destinação dos resíduos pode ser realizada em:

  • Aterro para resíduo perigoso
  • Aterro sanitário (não perigoso)
  • Tratamento térmico (Compostagem, Incineração, Co-processamento, etc.)

Importante, que durante o processo de caracterização do resíduo não seja cometido erros, pois se o resíduo possuir uma substância que provoque danos ao meio ambiente ou ao homem e não for identificado pode causar diversos impactos ambientais.

Por isso a importância em contratar uma empresa que possui profissionais qualificados que irão orientar a sua empresa da forma correta para gerenciar seus resíduos.

A VG Resíduos agrega todas as soluções para a melhor e mais completa gestão de resíduos para a sua empresa, da geração até a destinação/disposição ambientalmente adequada dos resíduos.

Caracterização de resíduos – um dos instrumentos determinados na Política Nacional de Resíduos

Promulgada em 2010 a lei Federal 12.305, a Política Nacional de Resíduos, é um marco para a gestão de resíduo no Brasil.

A PNR trata do adequado gerenciamento de resíduos, dispondo sobre os princípios, objetivos e os instrumentos. A caracterização dos resíduos compõem esses princípios e instrumentos como um passo importante para correta gestão.

Além disso, a lei determina as responsabilidades dos geradores e do poder público.

A Política Nacional de Resíduo classifica os resíduos quanto à origem:

Resíduos sólidos urbanos: são originários de atividades domésticas em residências urbanas e resíduos de limpeza urbana (varrição, limpeza de logradouros e vias públicas e outros serviços de limpeza urbana).

Resíduos industriais: gerados nos processos produtivos e instalações industriais.

Resíduos de serviços de saúde: gerados nos serviços de saúde ou em ambulatórios ou área de atendimento médico nas dependências da indústria.

Resíduos da construção civil: gerados nas construções, reformas, re­paros e demolições de obras de construção civil.

Resíduos de serviços de transportes: são resíduos gerados em portos, aeropor­tos, terminais alfandegários, rodoviários e ferroviários e passagens de fronteira.

Resíduos de mineração: gerados na atividade de pesquisa, extração ou beneficiamento de minérios.

A importância da gestão de resíduos na ISO 14001

Empresas que desejam tornar seu negócio sustentável, melhorar a imagem perante seus clientes e gerar mais economia buscam a implantação de um Sistema de Gestão Ambiental, aplicando a norma ISO 14001.

Uma das etapas para cumprir todos os requisitos da norma é o gerenciamento de resíduo, que basicamente consiste em caracterizar, classificar, quantificar, indicar formas corretas para segregação e identificação da origem dos resíduos gerados por: área, unidade e setor industrial.

A caracterização do resíduo adequada é o primeiro passo para que as empresas contribuam para um meio ambiente saudável e estejam em conformidade com a lei.

A sua empresa realiza o gerenciamento de forma adequada?

Há dúvidas?

Entre em contato conosco pelo telefone (31) 2127-9137 que iremos apresentar as melhores soluções para sua empresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© VG Residuos Ltda, 2019