100 Open Startups: qual importância para uma startup como a VG Resíduos?

100 Open Startups: qual importância para uma startup como a VG Resíduos?
Avalie este post

100 Open Startups

Já ouviu falar no ranking 100 Open Startups? Há dois anos consecutivos, a mineira VG Resíduos tem sido reconhecida como uma das startups mais promissoras do Brasil. No ranking 2017 e 2018 da 100 Open Startups ela vem se destacando entre os negócios mais atraentes para o mercado.

Um dos principais motivos desse bom desempenho no ranking é que a startup conseguiu mudar a percepção sobre o “lixo”. Por meio de uma gestão inteligente de resíduos sólidos, a VG faz com que o “lixo” vire lucro empresarial. As oportunidades de negócios são realizadas através da plataforma online “Mercado de Resíduos”. Pela internet, empresas tratadoras e geradoras equacionam suas demandas e ofertas, comercializando resíduos e gerando receita.

Com o reconhecimento da 100 Open Starups, a VG Resíduos se transforma em uma referência no gerenciamento de resíduos no Brasil. A seguir, você entenderá como funciona esse ranking de startups e por que a VG Resíduos tem se destacado nessa premiação. Acompanhe!

Entenda a premiação 100 Open Startups

100 Open Startups

O 100 Open Startups foi criado pela associação Wenovate-Open Innovation Center, em 2009, para incentivar a prática da inovação. Trata-se de uma plataforma internacional que conecta startups a grandes empresas.

Por meio de um sistema online é estabelecida uma aproximação entre organizações tradicionais e empresas de inovação. Ao longo de um ano, são criados espaços de trabalho (coworkings), hackatons, premiações, investimentos e programas de newtworking. De  2017 para 2018 houve aproximação entre 275 startups e 243 grandes empresas.

Ao final de um ano de observação é divulgada uma publicação com o ranking das 100 startups mais atraentes. Nas premiações dos dois últimos anos, a VG Resíduos vem obtendo ótima performance. Na 100 Open Startups 2017, a VG Resíduos ficou no terceiro lugar geral, entre quase três mil empresas distribuídas em 24 estados brasileiros.

Confira: como a VG Resíduos pode ajudar na gestão de resíduos da sua empresa?

No ranking de 2018, divulgado no início deste mês, ficou em 21º lugar entre as 100 startups mais atrativas do Brasil. Além disso, na categoria meio ambiente, conquistou o 1º lugar, recebendo dois selos importantes: Top 100 Open Startups e Top 10 Environment.

Incluindo a VG Resíduos, 16 startups mineiras apareceram no ranking 2018. Foram 13 de Belo Horizonte e as outras três de Betim, Uberlândia e Uberaba. Com isso, Minas Gerais foi o segundo estado com o maior número de representantes, atrás de São Paulo, com 41.

Leia também: Gestão de Resíduos, como controlar toda documentação da sua empresa?

Saiba como as startups são selecionadas

100 Open Startups

A premiação das 100 melhores startups virou um grande sucesso, atraindo o dobro de inscritos de um ano para o outro. Para se chegar às 100 empresas de destaque são considerados critérios como:

  • atratividade das startups para o mercado;
  • interesse das grandes empresas nos empreendimentos;
  • negociações em andamento;
  • parcerias realizadas;
  • existência de contratos que envolvem investimentos e participação societária.

Os avaliadores observam os tipos de relacionamento estabelecidos entre as startups e as empresas tradicionais, considerando quatro grandes grupos:

  • grupo A: relacionamentos de posicionamento;
  • grupo B: relacionamentos de plataforma e parcerias;
  • grupo C: relacionamentos de desenvolvimento de fornecedores;
  • grupo D: relacionamentos de investimento.

Veja os benefícios de ser destaque no ranking

100 Open Startups

Uma das vantagens de estar entre as 100 melhores startups brasileiras é que a premiação gera uma grande visibilidade. O ranking é divulgado em sites, seções de jornais e de revistas renomadas, focadas em empresas e empreendedorismo.

Uma dessas publicações é o jornal Valor Econômico que, além de publicar o ranking, repercute cases de startups que cresceram expressivamente ou foram as mais inovadoras. Em 2017, um dos destaques do ranking foi a Agrosmart, do setor agrícola, liderada pela CEO Mariana Vasconcelos, de 25 anos.

A startup criou um sistema de monitoramento, por meio de sensores de plantações, de mais de dez variações ambientais, como chuva e umidade do solo. Isso garante aos agricultores economia de até 60% no uso da água e de 30% no consumo de energia para irrigar as lavouras.

Essa visibilidade, por sua vez, aumenta a credibilidade da startup no mercado. Ao alcançar bom posicionamento no ranking, a startup expande as oportunidades de negócios com as grandes empresas.

Saiba mais: sete dicas para vender resíduos e lucrar no Mercado de Resíduos

Conheça por que a VG Resíduos se destaca

100 Open Startups

A VG Resíduos é uma startup belo-horizontina criada há 18 anos e que, desde 2016, associou-se ao grupo Verde Ghaia. Seu grande diferencial é a plataforma Mercado de Resíduos, que permite às empresas transformarem resíduos em receita. Trata-se de uma plataforma online de oferta e busca de resíduos e serviços.

Por meio digital, geradores e tratadores de resíduos podem realizar parcerias. Os geradores cadastrados na plataforma informam qual resíduo produzem, já os tratadores podem fazer ofertas para manejo ou compra dessas sobras. De forma totalmente automatizada, a plataforma seleciona qual a oferta ganhadora do leilão, colocando gerador e tratador em contato.

Essa inovação da VG Resíduos mudou a percepção sobre o “lixo”, fazendo com que as empresas o enxergasse como fonte de renda. Por meio de uma consultoria, as organizações podem não só comprar e vender resíduos, obtendo lucros. Elas também ficam habilitadas a fazer uma gestão inteligente dos materiais e seguindo as leis ambientais. Isso é fundamental nos tempos atuais, em que o descaso com os resíduos pode gerar multas, desperdício e perda de reputação.

Para Guilherme Arruda, CEO da startup, a VG Resíduos auxilia as empresas nos entraves encontrados no manejo dos resíduos: “Apesar do desejo de ganhar dinheiro com resíduos não ser novo, essa é uma grande dificuldade das organizações. Elas não conseguem definir os melhores locais para destinação final dos produtos nem gerenciar os custos de disposição final e potencial comercialização”.

Conquistar a premiação da 100 Open Startups sinaliza que a VG Resíduos não só desenvolveu soluções inteligentes para o gerenciamento de resíduos. Indica, também, que a startup tem estratégias lucrativas e ecologicamente responsáveis para as empresas que precisam manejar corretamente seus resíduos. Por esse motivo, vem se consolidando como uma referência do setor no Brasil.

Gostou desse tema ou achou o assunto relevante? Deixe seu comentário abaixo ou compartilhe o conteúdo nas redes sociais.

Se quiser aprofundar mais sobre o assunto leia este outro artigo do blog: Mercado de Resíduos: obtenha mais clientes e amplie o seu negócio agora!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© VG Residuos Ltda, 2019