Sete dicas para vender resíduos e lucrar no Mercado de Resíduos

Sete dicas para vender resíduos e lucrar no Mercado de Resíduos
5 (100%) 1 voto

vender resíduos

As empresas geradoras podem vender resíduos e ganhar dinheiro com isso, você sabia? Atualmente, há alternativas rentáveis para os materiais que anteriormente só tinham como destino os aterros sanitários e lixões.

A legislação ambiental brasileira, com as diretrizes da Política Nacional de Resíduos Sólidos, exige que as empresas tenham outra postura. Não é mais recomendável que as organizações simplesmente destinem seus resíduos para os aterros ou lixões. O ideal é que as geradoras gerenciem corretamente os resíduos, usando tecnologias que diminuam os materiais produzidos e descartados. Existe também uma alternativa ecologicamente correta e rentável: vender os resíduos para tratadoras que reciclem os materiais.

Mas como vender os resíduos de forma segura e rentável? Como encontrar parceiros interessados e complementar os rendimentos do seu negócio? A seguir, você conhecerá dicas para comercializar e lucrar no Mercado de Resíduos. Acompanhe!

Confira: Porque aplicar a política dos 5R´s para reduzir a geração de resíduos?

Dica 1: Faça um diagnóstico dos resíduos gerados

Um primeiro passo importante para a empresa que pretende vender os resíduos é analisar as sobras geradas. Fazendo um diagnóstico dos resíduos produzidos é possível saber os clientes em potencial desses materiais.

Nesse sentido, é importante entender a classificação e a caracterização dos resíduos. Quanto à classificação, no Brasil ela é determinada pela NBR 10.004/04 da ABNT. Por meio dela, sabem-se os riscos potenciais para o meio ambiente e a saúde pública que os resíduos podem causar.

Pela NBR 1004/04 os resíduos são classificados como:

  • Resíduos Classe I – Perigosos:  apresentam periculosidade e características como inflamabilidade, corrosividade, reatividade, toxicidade e patogenicidade;
  • Resíduos Classe II A – Não Inertes:  não se enquadram nas classificações de resíduos classe I – Perigosos ou de resíduos classe II B – Inertes. Podem ter propriedades como: biodegradabilidade, combustibilidade ou solubilidade em água;
  • Resíduos Classe II B – Inertes: não se decompõem e não sofrem alteração da sua composição com o passar o tempo. Em contato com solo ou água não são poluentes, porque não liberam substâncias nocivas.

Já em relação à caracterização, os resíduos devem ser diagnosticados quanto:

  • origem: em qual estado físico o resíduo se encontra; o seu aspecto; cor; se possui odor; e o grau de heterogeneidade;
  • estado físico: em qual processo originou-se; de qual atividade industrial pertence; e qual o seu principal constituinte;
  • melhor destinação: se deve ser enviado para aterro ou pode ser recuperado por empresas tratadoras.

Dica 2: Como vender resíduos?

vender resíduos

Uma segunda dica é aderir ao Mercado de Resíduos. Consiste em uma plataforma eletrônica que facilita a venda e a compra de resíduos. Por meio dela, as empresas geradoras podem comercializar resíduos, mas também trocar e comprar, além de contratar fornecedores para transporte e tratamento.

Por meio digital, geradores e tratadores de resíduos podem realizar parcerias. Basta que as geradoras se cadastrem na plataforma e informem qual resíduo produzem. Da mesma forma, tratadoras cadastradas têm acesso aos materiais das geradoras, podendo se interessar pelas sobras.  De maneira totalmente automatizada, a plataforma coloca gerador e tratador em contato, selecionando as melhores propostas para cada negócio.

Dica 3: Siga os princípios da sustentabilidade

É preciso entender que a venda de resíduos não traz somente ganhos financeiros. O lucro é um dos pilares da sustentabilidade, mas essa prática também engloba a preocupação com o planeta e as pessoas.

Sendo assim, além de renda extra, ao comercializar os resíduos, a geradora deve poupar o meio ambiente e a saúde humana. As sobras geradas não podem ficar entulhadas nas indústrias e estabelecimentos. Isso significa desperdício, poluição e problemas como a geração de gases que provocam o efeito estufa.

A opção pelo Mercado de Resíduos, destinando as sobras para empresas tratadoras, é uma maneira de ganhar dinheiro, sendo ecologicamente responsável.

Leia também: Como deve ser feito o descarte de resíduo radioativo hospitalar?

Dica 4: Atente para o potencial dos resíduos

vender resíduos

Outra dica importante para as geradoras é que o potencial de negócios voltados para os resíduos só tende a crescer.

Esta reportagem mostra que, o contrário dos Estados Unidos, a maior parte do lixo brasileiro é orgânica — basicamente, restos alimentares. Mas isso deverá mudar porque o poder de consumo do brasileiro será muito maior em dois anos.

Com maior consumo, como o de aparelhos celulares, maior a geração de resíduos e a necessidade de transformá-los em dividendos.

Saiba mais: como a VG Resíduos pode ajudar na gestão de resíduos da sua empresa?

Dica 5: Tenha parceiros confiáveis

Outra medida essencial é formar uma boa cartela de clientes. Não adianta a empresa ter um montante de resíduos para comercializar se não encontrar o público adequado para sua oferta.

Na plataforma Mercado de Resíduos, do Grupo Verde Ghaia, somente empresas em conformidade com as legislações podem compor o quadro de negociantes. Isso é uma garantia de que geradora vai lidar com parceiros confiáveis, tendo segurança nas vendas acordadas.

Dica 6: Cumpra a legislação ambiental

vender resíduos

Com o surgimento da Política Nacional de Resíduos Sólidos, aumentou a pressão sobre as empresas pelo gerenciamento correto das sobras. Não é mais possível que as organizações descartem os resíduos de forma negligente, destinando-os a locais inapropriados.

As empresas que geram resíduos, mas descumprem leis ambientais podem ser seriamente prejudicadas. As organizações podem ser multadas, sofrerem embargos e perderem credibilidade no mercado.

Dica 7: Contrate consultores especializados

Uma última dica está relacionada aos serviços de uma consultoria. Para as empresas que pretendem lucrar com a comercialização dos resíduos, uma medida acertada é contar com um suporte de profissionais especializados.

A consultoria pode auxiliar a geradora a diagnosticar o tipo de resíduo e o mercado que demanda os materiais. Além disso, com a consultoria, a geradora pode implantar um Sistema de Gestão Ambiental eficiente, tendo sucesso na certificação ISO 14001.

Como se vê, existe um caminho ecologicamente correto e seguro para lucrar com o Mercado de Resíduos. Eles podem ser vendidos para tratadoras que reciclem os materiais, dando vida nova ao que seria desperdiçado. Seguindo os passos corretos é possível comercializar os resíduos de forma segura e rentável, complementando os lucros do seu negócio.

Gostou desse tema ou achou o assunto relevante? Deixe seu comentário abaixo ou compartilhe o conteúdo nas redes sociais.

Se quiser aprofundar mais sobre o assunto leia este outro artigo do blog: Gestão de Resíduos: como controlar toda documentação da sua empresa?

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© VG Residuos Ltda, 2019