Subir

Como minimizar os impactos gerados pelo alumínio?

Categoria(s): Sem categoria /
Como minimizar os impactos gerados pelo alumínio?
5 (100%) 1 voto

VG Resíduos: impactos gerados pelo alumínio

Muitas vezes não temos ideia dos impactos ambientais do alumínio sobre a natureza e a saúde humana. O alumínio é um dos metais mais abundantes, importantes e presentes na sociedade moderna, apesar de não ser encontrado naturalmente na forma metálica. Ao nosso redor sempre encontraremos algum objeto feito deste metal.

Segundo dados da Associação Brasileira do Alumínio – ABAL o Brasil é o 11º produtor de alumínio do mundo e o terceiro produtor de alumina. Empregam mais de 443 mil trabalhadores de forma direta ou indireta, produzindo mais de 801 mil toneladas por ano. Até março de 2018 já foram produzidos 195 mil toneladas de alumínio primário.

A aplicação deste metal é variada, podendo ser em: bens de consumo; construção civil; indústria automotiva; embalagens; máquina e equipamentos, e; indústria elétrica. Então vamos saber quais as suas propriedades, os impactos ambientais do alumínio, os motivos de ser tão utilizado e como reciclá-lo?

O que é o alumínio?

O alumínio é o terceiro elemento químico mais abundante na crosta terrestre e o mais abundante entre os metálicos.

É obtido a partir do minério bauxita através de um processo de refino, que resulta em um pó branco, a alumina. Em seguida a alumina passa por um processo eletroquímico e é transformado em alumínio.

Os impactos ambientais do alumínio começam já no processo de extração da bauxita, pois provocam um intenso impacto do solo e dos corpos hídricos.

As características químicas do alumínio possibilitam a sua aplicação em diversas áreas. Entre suas propriedades, estão:

  • força e alto ponto de fusão (660 ºC);
  • baixa densidade;
  • alta resistência à corrosão;
  • boa condutividade elétrica;
  • possui a capacidade de refletir luz;
  • fácil de ser processado e moldado;
  • impermeável, não possui odor e não é inflamável;
  • possibilidade de adição de outros elementos ao material, formando assim ligas com propriedades variadas;
  • 100% Reciclável.

Aplicações do alumínio

VG Resíduos: impactos gerados pelo alumínio

Todas as propriedades listadas acima permitem que o alumínio seja usado em diversos produtos que a sociedade moderna utiliza.

Por ser um excelente condutor térmico a indústria de fabricação de utensílios domésticos utilizam o alumínio para fabricação de panelas, assadeiras e outros acessórios.

É possível utilizar o alumínio para fabricação de móveis, eletroeletrônicos, artigos esportivos, entre outros.

A indústria automotiva é o maior consumidor de alumínio no mundo. Por ser um metal mais leve permite uma economia de 5% a 7% de combustível, conforme reportagem do site Uol.

A indústria de embalagens utiliza o alumínio devido a sua leveza e praticidade. Essas embalagens auxiliam na conservação dos alimentos, visto que os protegem da ação da luz, da umidade e do ar.

Outro setor que utiliza muito o alumínio é a construção civil. Esse metal é utilizado em produtos como: esquadrias de alumínio, painéis de revestimento, fachadas envidraçadas, estruturas de alumínio para coberturas, estruturas de alumínio para fechamentos laterais, divisórias, forros, box, utensílios para a construção, formas de alumínio para paredes de concreto, andaimes, escoras telhas, entre outras soluções.

Essa diversidade de aplicação gera um passivo desagradável, a quantidade de resíduo e os impactos ambientais do alumínio.

Tipos de resíduos de alumínio

VG Resíduos: impactos gerados pelo alumínio

Desde o processo de extração do alumínio até o pós-consumo dos produtos que utilizam o metal na sua composição são gerados resíduos.

Na produção da alumina é gerado um resíduo popularmente conhecido como lama vermelha que contém ferro, titânio, sílica e o alumínio não extraído com sucesso. É um resíduo extremamente alcalino que em contato com efluentes e organismos vivos pode alterar as propriedades e a estabilidade do meio.

O método mais utilizado para tratar esse resíduo é o úmido, que consiste em adicionar água à lama e dispor a solução para a sedimentação, porém este método possui um potencial de impacto ambiental alto.

Existem outros meios de destinação desse resíduo de forma ambientalmente correta como a sua utilização na indústria cerâmica, construção civil, tratamento de superfícies, tratamento de efluentes, etc.

Outros tipos de resíduos de alumínio são: as latinhas de refrigerante, antitranspirantes, vidros à prova de balas, mecanismos de purificação de águas, asas de aviões, equipamento eletrônico, talheres, panelas, e etc. Todos esses são bens de consumo que contem alumínio e que em algum momento podem ser descartados.

Leia também: Qual deve ser a ordem de prioridade no gerenciamento de resíduos?

Impactos gerados pelo alumínio

VG Resíduos: impactos gerados pelo alumínio

Os impactos ambientais do alumínio ao meio ambiente são decorrentes da mineração e refinação, como também, do descarte incorreto dos resíduos.

A fabricação de alumínio é o que mais consome energia no mundo, sendo um importante contribuinte para o aquecimento global.

Para extrair a bauxita é necessária a remoção completa da vegetação e da camada superior do solo. Mesmo se a camada superior do solo for restaurada após a mineração, o solo perde sua capacidade de reter água, tornando-se inadequado para cultivos anuais.

Além disso, a produção de alumínio exerce efeitos sobre a fauna e flora locais e favorece a erosão do solo.

Outros impactos incluem poluição do ar proveniente da refinação da alumina, onde gases, aerossóis cáusticos, e outras poeiras corrosivas são liberados na atmosfera.

O tempo médio que os resíduos de alumínio levam para se decompor na natureza são de 200 anos.

Leia mais em: Saiba quais são os impactos ambientais de uma má gestão de resíduos.

Reciclagem é a solução

VG Resíduos: impactos gerados pelo alumínio

O alumínio é o material 100% reciclável e que gera bom retorno financeiro para os trabalhadores e empresas que atuam nesta área. O processo de reciclagem consiste na reutilização do alumínio para a confecção de novos produtos.

O Brasil é o maior reciclador de alumínio do mundo. Aproximadamente 98% do alumínio produzido no país voltam para a cadeia produtiva através do processo de reciclagem.

Existem várias vantagens para reciclar e assim diminuir os impactos ambientais do alumínio. Dentre esses benefícios podemos destacar: economia de energia elétrica, não extração de recursos naturais como a bauxita e a geração de renda aos trabalhadores que vivem da atividade (exemplo: catadores de reciclados).

A reciclagem diminui o volume de lixo gerado que teria como destino os aterros sanitários.

A sucata de alumínio pode ser empregada em vários segmentos como os de embalagens, construção civil, indústria automotiva e bens de consumo e serve também como matéria prima para indústria siderúrgica.

Leia mais em: Aterros sanitários: porque eles devem ser evitados?

Como minimizar os impactos ambientais do alumínio?

As produtoras de artefatos de alumínio buscam o equilíbrio social, ambiental e econômico através do desenvolvimento sustentável. Desta forma consolidam a visão de compromisso ambiental, umas das premissas da ISO 14001, com soluções sustentáveis.

Atualmente muitas empresas têm pensado na destinação de resíduos buscando fins ecologicamente corretos. Podemos citar como exemplo a reciclagem que contribui para minimizar os impactos ambientais do alumínio.

Sendo assim, para uma organização que possui sucata de alumínio, torna-se fundamental pensar em uma boa gestão de resíduos. Além disso, com a descoberta de que esses resíduos têm valor econômico, muitas empresas estão investindo em processos inovadores de reaproveitamento. O que também demonstra que a organização tem responsabilidade ambiental.

Gostou desse assunto ou acha relevante? Compartilhe nas redes sociais ou deixe seu comentário abaixo.

Mas quer se aprofundar um pouco mais a respeito? Leia outro artigo do nosso blog: Como as Indústrias estão lucrando com as sobras de fabricação do aço?

 

 

 

 

Compartilhe

  

0 Comentários

Deixe o seu comentário!